Entrevistamos os designers das chuteiras Neymar x Jordan e Magista II

0
107

[[imagem38718]]O Guia do Boleiro foi convidado pela Nike, juntamente com outros sites especializados ao redor do mundo, para participar de uma entrevista com dois importantes designers do segmento de futebol da Nike. São eles: Nathan Van Hook, que idealizou a chuteira Neymar x Jordan – usada nas Olimpíadas pela Joia, e Phil Woodman, um dos principais responsáveis pelo modelo Magista II, lançado em julho pela Nike.

A marca norte-americano teve uma temporada 2015-16 repleta de conquistas que estamparam seu Swoosh ao lado de títulos, e a maneira de concluir a luz dos holofotes na chuteira exclusiva Njr x Jordan não poderia ter sido melhor: o camisa 10 e capitão da seleção brasileira olímpica foi quem bateu o pênalti decisivo que trouxe o ouro inédito para o Brasil, utilizando essa chuteira preta com detalhes em branco e vermelho. [[imagem38719]]

“Percebemos que o Neymar sempre gostou e vestiu acessórios do Jordan (marca pertencente à Nike). Vimos que ele gostou. Então pensamos em unir essas duas marcas (Jordan e Neymar)”, contou o designer Nathan Van Hook. “Os dois tem histórias de vida parecidas, como começaram no esporte,…”, completou o funcionário da Nike.

Perguntado pelo Guia do Boleiro sobre como eles decidiram unir os dois logos (Ney e Jordan) num só símbolo, o designer afirmou que as duas imagens são bem “orgânicas e ficaram muito bem juntas”. Ele contou também que isso foi uma das primeiras coisas que eles tiveram de pensar, caso contrário teriam de repensar o projeto. [[imagem38720]]

Em junho, a Nike apresentou a coleção NJR x Air Jordan 2016, uma parceria inédita entre o jogador Neymar e o ídolo do basquete Michael Jordan. Entre os itens, estava a chuteira Njr x Air Jordan, que elevou ainda mais Neymar dentro da Nike, já que ele se tornou o primeiro jogador de futebol a ter uma parceria de produtos com um jogador de basquete.

Além de Nathan Van Hook, conversamos também com Phil Woodman, o homem por trás da Magista II. A segunda geração da chuteira de controle da Nike trouxe uma inovação importante que é o cabedal que promete oferecer uma sensibilidade muito grande dos pés com a bola. Uma aposta de que essa tecnologia pode realmente ter dado certo foi a escolha de Tevéz em começar a usar esse modelo. O atacante claramente sempre quis uma chuteira bem macia e por isso utilizou anteriormente o modelo em couro de canguru Nike Tiempo. [[imagem38721]]

“Nós imaginamos o cabedal da Magista 2 como uma extensão orgânica do pé”, comentou Phil Woodman, que acredita que a maior inovação desse modelo foi realmente o trabalho feito na textura do cabedal, com o intuito de sentir melhor a bola nos pés.

Além da promessa de um cabedal mais sensível, a Magista II trouxe uma inovação que chama a atenção visualmente. Agora, o cano alto não tem mais uma linha reta que passa ao redor do tornozelo, mas sim um Dynamic Collar com acabamento curvo na parte de cima, que circula o desenho dos tornozelos.

“Eles se sentiram confiantes”, respondeu Phil Woodman ao ser questionado sobre o que os jogadores haviam achado desse novo desenho no cano alto da chuteira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here