Com marca própria, Paysandu celebra lucro bem maior na venda de uniformes

0
175

O Paysandu arriscou bastante neste ano ao lançar uniformes feitos sem a parceria de uma marca esportiva e, agora, comemora agora os frutos do negócio. O Papão conseguiu lucrar em menos de três meses o que levaria três anos para juntar caso ainda estivesse com um acordo padrão acertado com uma fornecedora esportiva renomada. As informações são do site ESPN.

Desvalorização do Real gera domínio de fornecedoras estrangeiras

O valor já teria chegado a 1 milhão nestes menos de 90 dias do lançamento, que ocorreu no final de janeiro. Visualmente, ao invés do logo de uma marca esportiva no peito, o clube estampou o desenho de um lobo (mascote da equipe paraense) ao lado do distintivo do clube, escolhido para mostrar o símbolo da marca própria do Papão da Curuzu. [[imagem36547]]

O presidente Alberto Maia disse que neste meio tempo já venderem mais de 27 mil camisas. "Neste valor já estão descontados os custos de fabricação e demais despesas. Estamos satisfeitos. Eles (anteriormente) fabricavam e nós é que tentávamos vender. Esses custos eram todos nossos. Agora, continuam sendo, mas temos o valor cheio das vendas nas mãos", disse o mandatário, em entrevista à ESPN.

Chuteiras Adidas para Euro 2016 | Sites vazam imagens dos modelos

Segundo o dirigente, na antiga parceria (com a Puma), o clube recebia penas R$ 11 de cada peça vendida a R$ 199, o que na verdade é uma prática comum nos acordos entre fornecedora e equipe. O Santos foi outra equipe que cortou essa prática e passou a fazer um processo parecido.

Agora, o Papão consegue vender o manto com preço mais em conta, R$ 169,90, e ter um lucro bem maior.

Siga o Guia do Boleiro no Twitter e no Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here