Fluminense mostra teaser de novas camisas e até cita Nelson Rodrigues

0
80

O Fluminense e a Dryworld estão na contagem regressiva para o lançamento dos novos uniformes do time carioca para a temporada 2016. Produzidas pela empresa canadense recém chegada ao mercado brasileiro, as camisas serão apresentadas oficialmente na próxima sexta-feira, mas alguns teasers mostrando detalhes dos modelos já estão sendo publicados nas redes sociais.

LOJA GUIA DO BOLEIRO: gb lança loja com camisetas exclusivas e temáticas

Na terça-feira, a Dryworld publicou em seus perfis no Facebook e no Twitter uma imagem que parece ser da região da nuca, mostrando uma faixa vertical grená separada de duas faixas verdes por listras brancas mais finas. Já nesta quarta, a imagem divulgada foi da etiqueta de autenticidade do produto, também nas três cores oficiais da equipe carioca.

[[imagem35609]]

Um dos destaques na campanha pré-lançamento é a tentativa da Dryworld de criar identificação com a torcida do Flu. Para isso, os posts da marca têm trazido frases como "Quem espera sempre alcança… Clube que orgulha o Brasil" e "Se o Fluminense jogasse no céu, eu morreria para vê-lo jogar", esta segunda de autoria do dramaturgo e torcedor tricolor Nelson Rodrigues.

> Barcelona deve renovar com a Nike por 100 milhões de euros ao ano

O escritor, aliás, parece ter mesmo caído no gosto da Dryworld. "Estive conversando com o Peter Siemsen [presidente do Fluminense] e teve uma frase muito bonita do Nelson Rodrigues sobre o Fluminense que me chamou a atenção. Ele disse que o Fluminense tem a predestinação para a glória. Acho que a parceria entre nossa empresa e o clube nasce predestinada. Estamos muito animados", disse o CEO da empresa, Claudio Escobar.

[[imagem35610]]

A Dryworld anunciou o contrato com o Fluminense no final de 2015 e, desde então, a torcida do clube está ansiosa pelos novos uniformes. Em janeiro, o Guia do Boleiro mostrou uma série de sugestões de como poderiam ser os modelos, criadas pelo designer Lucas Amarante.

Embora os valores do acordo não tenham sido divulgados, especula-se que a marca pagará R$ 13 milhões por ano durante cinco temporadas, podendo chegar a R$ 20 milhões dependendo do volume de vendas e premiações por títulos e metas alcançadas. A Dryworld também já veste no Brasil o Atlético-MG e o Goiás.

Siga o Guia do Boleiro no Twitter e no Instagram.