Ano olímpico, 2016 terá marcas esportivas focadas nos Jogos do Rio

0

Assim como aconteceu com a Copa do Mundo em 2014, as Olimpíadas de 2016 devem dominar as ações de marketing das principais marcas esportivas este ano. Os Jogos do Rio estão no centro das estratégias de empresas como Adidas, Nike e Puma. Enquanto isso, o futebol também terá seus momentos de destaque, especialmente com a Eurocopa e a Copa América Centenário.

Entre as três principais marcas do mercado de equipamentos esportivos, as abordagens estratégicas para os Jogos Olímpicos devem ser bastante diferentes. Com isso, fica impossível fazer uma previsão de quem deve se dar melhor após o evento, já que os resultados para as empresas estão diretamente ligados aos resultados esportivos dos atletas e países patrocinados.

LOJA GUIA DO BOLEIRO: gb lança loja com camisetas exclusivas e temáticas

A Adidas, por exemplo, aposta forte em três das principais apostas de medalhas do Brasil, país-sede dos Jogos: a judoca Mayra Aguiar, o nadador Cesar Cielo e o ginasta Arthur Zanetti. Além disso, a marca alemã pode ganhar um reforço de peso caso Lionel Messi seja um dos três jogadores acima de 23 anos convocados para defender a seleção argentina no torneio de futebol.

[[imagem34512]]

No caso da Nike, a presença de Neymar é praticamente garantida, já garantindo à marca grande atenção com a seleção brasileira buscando a ainda inédita medalha de ouro. Para completar, a marca norte-americana vai vestir todo Time Brasil, como é chamada a delegação de atletas do país. Em 2014, a Nike já foi inclusive a responsável por lançar uma nova logomarca para o COB.

Retrospectiva: Relembre 30 chuteiras marcantes lançadas ao longo de 2015

A Puma, por fim, não deve ter grandes representantes entre os atletas brasileiros ou entre os craques do futebol. A marca, porém, conta com uma arma nada secreta: o quase imbatível Usain Bolt, um dos principais nomes da história olímpica, que buscará o tricampeonato em três modalidades: os 100 m, 200 m e 4×100 m.

[[imagem34513]]

Futebol tem como principais atrações os torneios continentais

Embora os maiores esforços no ano estejam voltados para as Olimpíadas, também existirão, claro, muitas ações envolvendo o mercado futebolístico. A principal competição do ano – especialmente no duelo Adidas x Nike – será a Eurocopa 2016, disputada na França por várias das seleções mais tradicionais do planeta.

Uniforme da seleção brasileira 2016 pode ter degradê e calção amarelo

Já do outro lado do Oceano Atlântico, os destaques serão a Copa América Centenário, disputada nos Estados Unidos (com a seleção brasileira finalmente lançando novo uniforme após a Copa de 2014), e a Libertadores, com cinco marcas diferentes apostando alto nos times brasileiros: Puma (Atlético-MG), Nike (Corinthians), Umbro (Grêmio), Adidas (Palmeiras) e Under Armour (São Paulo).

[[imagem34514]]