Under Armour tem aumento de 22% nos lucros e faturamento total de R$ 5,37 bi

0

O crescimento da norte-americana Under Armour no mercado de materiais esportivos continua acontecendo a passos largos. A empresa divulgou seus resultados financeiros do terceiro trimestre de 2014 e o aumento no lucro foi de 22% em relação a 2013, totalizando R$ 295 milhões. O faturamento total da empresa também é impressionante, chegando a R$ 5,37 bilhões.

[[galeria]]

Percentualmente, a maior disparada de vendas da empresa aconteceu fora dos Estados Unidos, onde o crescimento chegou a 99%. Dentro de seu país, o aumento ficou em 28%. Em valores absolutos, no entanto, o mercado interno ainda é disparado o mais importante, sendo responsável por R$ 4,88 bilhões do faturamento.

Umbro continua sua expansão e “tira” PSV da Nike

Cada vez mais incômoda para as gigantes Adidas, Nike e Puma, a Under Armour tem a maior parte de seus ganhos atrelados a produtos de fitness, running e esportes americanos, mas também vem avançando seus negócios no futebol nos últimos anos. Na Europa, patrocina o Tottenham, do brasileiro Paulinho. No México, o Cruz Azul e o Toluca, e no Chile, o Colo-Colo.

No Brasil, há tempos especula-se a chegada da empresa, mas até agora nenhum dos boatos se concretizou. Apenas nos últimos seis meses, a Under Armour já foi apontada como possível nova patrocinadora de times como Cruzeiro, Santos e São Paulo, mas as conversas não avançaram com nenhum dos três.

Leia também: Suspeitas de corrupção na Fifa motivam fim de patrocínios de US$ 500 milhões

Assim, a principal personalidade do país envolvida com a marca continua sendo Gisele Bündchen. Como já mostramos no Guia do Boleiro, a modelo é a principal estrela de campanhas que tentam promover um maior envolvimento do público feminino, justamente uma das grandes apostas da empresa para aumentar as taxas de crescimento nos próximos anos.