Húngaro vence ação contra Adidas por violação de patente da chuteira Predator

0
140

O inventor húngaro Lászlo Orosz conquistou recentemente uma vitória judicial contra a Adidas por violação de patente. Um tribunal da cidade de Budapeste considerou que a empresa das três listras usurpou a patente registrada por Orosz ao lançar em 2002 as chuteiras Predator Precision, que mais tarde se tornou Predator Mania.

Siga o gb no Twitter

A árdua batalha do húngaro durou 12 anos, já que ele entrou com a ação logo que a Adidas apresentou a chuteira antes da Copa de 2002. Meses antes do Mundial daquele ano, Orosz havia lançado no mercado uma chuteira, chamada Alpha, que tinha saliências na ponta do produto e que dizia possibilitar um maior controle de bola.

LEIA TAMBÉM: Designer americano ilustra todas as versões de chuteira

Esse detalhe na chuteira era similar ao que a Predator Precision apresentou na época, o que fez o húngaro, que é ex-jogador de futebol, reivindicar a quebra de sua patente. Agora, haverá um novo julgamento para definir qual será o valor que a marca das três listras terá de pagar ao húngaro. [[galeria]]