Penalty acerta dívida de R$ 7 milhões com o São Paulo e encerra especulações

0

O São Paulo continuará usando uniformes feitos pela Penalty em 2014. A empresa quitou na última sexta-feira a dívida de cerca de R$ 7 milhões que tinha com o clube e, assim, afastou as especulações de que poderia ser substituída pela Adidas como fornecedora de material esportivo do time do Morumbi.

Leia também: Flamengo e Corinthians aparecem em ranking de melhores torcidas do mundo

Após uma série de reuniões, a diretoria são-paulina conseguiu negociar o pagamento à vista, o que aplacou a insatisfação por conta dos pagamentos atrasados. Essa acabou sendo a melhor solução para o clube também porque dificilmente conseguiria trocar de patrocinadora a tempo para o início da próxima temporada.

[[galeria]]

Cogitada como possível substituta, a Adidas teria descartado o negócio neste momento por não ter tempo hábil para a produção do material e distribuição de produtos nas lojas, já que o prazo estimado para isso é de no mínimo quatro meses. Agora, São Paulo e Penalty passam a se concentrar na criação do novo uniforme para 2014, com lançamento previsto para acontecer antes do início do Paulistão.

{Para comprar camisas e outros produtos do São Paulo, clique aqui}

Com o acerto, a expectativa volta a ser de que a Penalty cumpra o contrato com o clube, válido até o final de 2015. O acordo render cerca de R$ 35 milhões por ano ao São Paulo, divididos em luvas (um pagamento mensal fixo), royalties dos produtos vendidos, envio de peças para uso do time nos jogos e bônus por desempenho.