Nike e Adidas apostam no preto para novas chuteiras

0

Líderes do mercado de material esportivo, a Nike e a Adidas decidiram apostar no tradicional preto em muitas das novas chuteiras que fabricaram para seus jogadores.

LEIA MAIS: Neymar é o atleta da Copa das Confederações mais mencionado no Twitter

A maior aposta da Nike neste verão europeu é a chuteira Hypervenom, da qual Neymar é o principal garoto-propaganda. No entanto, se a versão do brasileiro destaca-se pelo laranja, a empresa americana decidiu lançar duas versões diferentes com mais detalhes escuros.

[[galeria]]

A cor secundária do calçado veloz da Nike tem um verde claro, mas principalmente a parte do peito do pé é preta. A versão feminina da Hypervenom traz um laranja mais próximo do vermelho também misturado com o preto.

O calçado tem o cabedal (parte que veste o pé) feito de malha e ligado por uma camada de poliuterano, que deixa o produto mais macio e leve. As travas, quase todas redondas, ajudam na mudança de direção.

LEIA MAIS: Alex Morgan segue Neymar e adere à chuteira Hypervenom

A Adizero F50 é a mais tradicional de todas. Com faixas brancas que imediatamente remetem à Adidas na parte de fora do pé, ela é predominantemente preta, exceto pelas travas e o calcanhar, em um laranja mais escuro.

A F50 é a chuteira mais importante da Adidas. Segundo a empresa, pesa apenas 165g e há uma versão exclusiva para o argentino Lionel Messi, do Barcelona.

INFOGRÁFICO: Conheça as camisas e chuteiras da Copa das Confederações

Uma das chuteiras mais antigas da Adidas, a Predator, dos brasileiros Hernanes e Oscar, tem acabamentos reforçados e áreas denominadas de "zonas letais", com superfícies porosas nas áreas de contato com a bola. Ela só não é totalmente preta por causa do solado verde claro que toma conta de um pouco da parte de fora do pé. 

E para você, qual dessas é a sua chuteira preferida?