Athletico-PR: Felipão dispara contra o VAR após pênalti anulado

Com pênalti anulado para o Athletico-PR, Felipão critica VAR na partida da Libertadores. (Foto: Reprodução)
Com pênalti anulado para o Athletico-PR, Felipão critica VAR na partida da Libertadores. (Foto: Reprodução)
publicidade

Na noite desta quinta-feira, 04 de agosto, o Athletico-PR recebeu o Estudiantes na Arena da Baixada, em Curitiba, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores. Após um lance polêmico de pênalti, anulado pelo VAR, Felipão não poupou críticas.

O Furacão tentou de todas as formas encontrar espaços dentro da sólida defesa do time argentino, mas acabou esbarrando na experiência de um elenco compacto e que sabia exatamente o que tinha que fazer em Curitiba.

publicidade

Diante do empate em 0 a 0, o Athletico-PR decide uma vaga nas semifinais da Libertadores em La Plata, na próxima quinta-feira, 11 de agosto, em um duelo que promete fortes emoções.

Leia também

publicidade

Athletico-PR: Felipão fica na bronca com pênalti anulado pelo VAR

Athletico-PR e Estudiantes ficam no 0 a 0 pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores. (Foto: Reprodução)
Athletico-PR e Estudiantes ficam no 0 a 0 pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores. (Foto: Reprodução)

Mesmo com grandes dificuldades para passar pela defesa da equipe argentina, o Athletico-PR teria uma chance clara, de pênalti, que foi marcado pelo juiz no momento do lance.

publicidade

A bola bate no braço do defensor Godoy, que tenta recuar a mão para trás, mas bloqueia a passagem da bola. Dentro da área, o juiz não pensou duas vezes e apontou para a marca da cal.

No entanto, o VAR chamou o árbitro para rever o lance e considerar se houve, de fato, benefício por parte do defensor Godoy no lance. Após ir ao vídeo, o juiz voltou atrás com sua decisão e anulou a penalidade.

publicidade

Felipão, treinador do Furacão, e toda torcida rubro-negra ficaram na bronca com a decisão tomada após revisão. O lance, de fato, foi polêmico e após o jogo, o treinador rubro-negro deixou clara a sua indignação.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“A imagem mostra perfeitamente que ele está com o braço aberto, bate e ele puxa o braço. É pênalti, ele deu o pênalti. Alguém entendeu que não foi pênalti, não sei. Não dá para entender esse tipo de arbitragem. Por que que um árbitro, que tem consciência de estar a dois metros do lance e sinaliza, não tenha firmeza de que “não, quem manda no jogo sou eu”? Agora quem manda no futebol em todo o mundo é o VAR. Se o VAR diz que está para lá, está lá. Se diz que está para cá, é para cá”, disse Felipão.

publicidade

Furacão busca fazer história na Argentina contra o Estudiantes

Agora, com o 0 a 0, o Athletico-PR irá decidir a sua permanência na Libertadores fora de casa, em La Plata. Em um ambiente hostil, a equipe de Felipão busca quebrar um tabu de 17 anos e chegar, novamente, a uma semifinal do torneio sul-americano.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Lucas Gervazio23 anos, jornalista durante a maior parte do tempo. Apaixonado por futebol, agora atuando no Guia do Boleiro como o camisa 9 na pelada.
Veja mais ›
Fechar