Casagrande expõe desafeto com Tiago Leifert: “Ideias diferentes”

Catia Fonseca e Walter Casagrande
Casagrande expõe desafeto com Tiago Leifert: "Ideias diferentes" (Imagem: Reprodução / Band)
publicidade

Na tarde da última terça-feira (19), Walter Casagrande participou do Melhor da Tarde. Na atração, o comentarista esportivo e ex-jogador falou sobre algumas polêmicas envolvendo sua trajetória, sua saída da Globo e também sua vida pessoal.

O profissional foi convidado por Catia Fonseca no quadro Joga no Seu Time. A apresentadora citava um nome na dinâmica e o comentarista falava se a pessoa jogava ou não em seu time.

publicidade

Caio Ribeiro, com quem o ex-craque já teve desavenças por conta de opiniões diferentes, Galvão Bueno e o craque Neto estão entre os primeiros escolhidos. Porém, Tiago Leifert foi uma das grandes surpresas nas escolhas de Casagrande.

Leia também

O apresentador que deixou a Globo no ano passado, não entrou na lista do ex-colega de emissora. Nesse momento, ele acabou revelando que uma boa relação entre os dois não existe. Não temos um relacionamento legal por ideias diferentes“, sentenciou o profissional ao justificar sua decisão para a apresentadora. 

Casagrande relembrou situações marcantes e polêmicas em sua vida publica e pessoal

Casagrande expõe desafeto com Tiago Leifert: “Ideias diferentes” (Imagem: Reprodução / Band)

Ainda durante a conversa no programa, Walter Casagrande surpreendeu após criar um climão por conta de sua fala envolvendo Tiago Leifert. O ex-jogador contou detalhes da época que era dependente químico.

publicidade

Após realizar um tratamento e se curar do vício, o comentarista recordou que sofreu um acidente automobilístico em 2007. O grande susto aconteceu após um surto que ele teve ao usar entorpecentes. “Tive surtos psicóticos com demônios bíblicos”, contou.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Walter Casagrande voltou a falar sobre a declaração polêmica que deu sobre Neymar após a Copa do Mundo de 2018. Naquele momento, ele chamou o craque de mimado e foi extremamente criticado.

“O Neymar era mimado mesmo. Ele é mimado até hoje e, na minha visão e da grande maioria das pessoas, ele foi patético na Copa do Mundo. Eu acredito que ele possa chegar na Copa de 2022 e desequilibrar, porque ele tem futebol para isso”.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Henrique Carlos
Henrique CarlosApaixonado por televisão e cinema, desde 2009 trabalha com internet. Já passou por grandes veículos de comunicação e teve experiência no rádio. Atualmente estuda para continuar crescendo na área e pode ser acompanhado através do perfil @henriquethe2 no Twitter.
Veja mais ›
Fechar