Casagrande detona silêncio de jogadores em assuntos importantes

Walter Casagrande
Casagrande detona silêncio de jogadores em assuntos importantes (Imagem: Reprodução / Globoplay)
publicidade

Walter Casagrande sempre deixou claro suas opiniões políticas, mas sabe que não é bem assim que acontece no mundo do futebol. Por conta de algumas situações polêmicas, muitos jogadores preferem se manter na isenção.

Porém, o comentarista abriu o jogo e expos o que pensa nesse tipo de caso. Em sua coluna no UOL, o ex-jogador afirmou que é muito crítico à alienação dos jogadores brasileiros. “Venho da Democracia Corintiana e sei bem qual a importância dessas vozes no país do futebol”, afirmou.

publicidade

Posteriormente, o profissional ressaltou que a geração atual é muito egoísta, declarando que a maior parte só se manifesta quando é por interesse próprio. Casagrande lamentou como a democracia vem sendo atacada e sofrendo frequentes ameaças de golpe.

Leia também

publicidade

“Nos últimos anos, tivemos diversas provas desse egoísmo social. Começando pela pandemia: pouquíssimos jogadores se posicionaram em relação à importância das vacinas, do uso de máscaras e da segurança do isolamento social. E, ainda pior, boa parte se comportou muito mal”.

Walter Casagrande detona comportamento de jogadores durante a pandemia de covid-19

Walter Casagrande
Casagrande detona silêncio de jogadores em assuntos importantes (Imagem: Reprodução / Globoplay)
publicidade

O ex-Globo ainda declarou que acha um absurdo as atitudes de alguns jogadores durante a pandemia. Alguns deles estiveram em festas clandestinas e eventos ilegais, gerando uma enorme repercussão.

Logo depois, ele ainda citou a polêmica Copa América realizada por aqui em 2021. Naquela época, duas mil pessoas estavam morrendo por dia e a situação era completamente assustadora.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“Nos últimos meses, calaram-se sobre os ataques aos ônibus dos times, ameaças de morte às suas famílias e, agora, invasão de campo. E os jogadores? NADA!”

Outro ponto citado que chamou a atenção, foi quando Casagrande citou o silêncio dos jogadores quando Robinho foi condenado a nove anos de prisão por estupro na Itália. “Nenhum jogador mostrou solidariedade à garota que quase virou vilã dessa história”, sentenciou.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Henrique Carlos
Henrique CarlosApaixonado por televisão e cinema, desde 2009 trabalha com internet. Já passou por grandes veículos de comunicação e teve experiência no rádio. Atualmente estuda para continuar crescendo na área e pode ser acompanhado através do perfil @henriquethe2 no Twitter.
Veja mais ›
Fechar