Botafogo: Entregou o cargo? Luis Castro comenta sobre pressão após mais uma derrota

Botafogo: Luis Castro comenta pressão por resultados na temporada. (Foto: Reprodução)
Botafogo: Luis Castro comenta pressão por resultados na temporada. (Foto: Reprodução)
publicidade

Neste domingo, 18 de julho, o Botafogo acabou perdendo dentro de casa, no Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro, para o Atlético-MG por 1 a 0. O treinador português Luis Castro começa a ser muito pressionado.

A verdade é que, com o respaldo da nova administração botafoguense, Luis não encontra tantas dificuldades para comandar o elenco alvinegro diariamente e ao longo de uma temporada que marca recomeços no Botafogo.

publicidade

No entanto, o torcedor já deu sinais de impaciência ao longo do ano e diante desse novo processo pelo qual o clube passa atualmente. Sobre isso, Luis Castro resolveu se posicionar e abriu o jogo a respeito de seu futuro no clube.

Leia também

publicidade

Luis Castro abre o jogo sobre futuro no Botafogo “É preciso haver respeito”

Botafogo perde para o Atlético-MG no Nilton Santos e Luis Castro comenta sobre a partida. (Foto: Reprodução)
Botafogo perde para o Atlético-MG no Nilton Santos e Luis Castro comenta sobre a partida. (Foto: Reprodução)

É verdade que nessa noite de domingo (17) o Botafogo enfrentou uma das melhores equipes no futebol brasileiro. Mesmo em má fase, o Galo possui um elenco recheado que, em técnica, supera a equipe botafoguense.

publicidade

Diante desse cenário e de uma análise fria sobre a partida, é importante ressaltar que o Botafogo não fez uma partida ruim diante do seu torcedor no Estádio Nilton Santos. De qualquer forma, a derrota pesou novamente.

Mesmo com a pressão por melhores resultados, grande parte da torcida botafoguense aplaudiu o time no final do jogo. Diante desse contexto atual dentro do clube, Luis Castro comentou que é preciso haver respeito.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“Não há problema as pessoas pedirem para eu sair, mas tem que ter respeito. Pra mim não há raça, cor, diferença de gênero, há pessoas que precisam ser respeitadas. Não é porque é um treinador que tem que ser respeitado, mas por ser uma pessoa. Quando temos consciência do que fazemos, estamos no mercado. As carreiras falam por si. Quando vim para o Botafogo, não tinha só o Botafogo. Estamos todos vendendo o trabalho e eu poderia vender por preço mais alto. Mas me entusiasmei por trabalhar num clube histórico, com grandes jogadores e gostei do projeto. Espero que o Botafogo seja esse projeto de construção. Sinto que a torcida está percebendo o que é o projeto. Todos sabemos que precisamos de pontos”, disse Luis Castro.

Botafogo faz um Brasileirão dentro das expectativas para 2022?

O Botafogo está, atualmente, na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro. O time de Luis Castro tem 41,2% de aproveitamento dentro da competição e, até o momento, cumpre com o esperado para 2022: reformular e se distanciar de um possível rebaixamento.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Lucas Gervazio23 anos, jornalista durante a maior parte do tempo. Apaixonado por futebol, agora atuando no Guia do Boleiro como o camisa 9 na pelada.
Veja mais ›
Fechar