Porque o Grêmio demitiu Vagner Mancini, invicto e liderando o Campeonato Gaúcho?

Porque Vagner Mancini foi demitido do Grêmio nesta segunda-feira
Porque Vagner Mancini foi demitido do Grêmio nesta segunda-feira

Porque Vagner Mancini foi demitido do Grêmio? Num momento que o clube está invícto no Campeonato Gaúcho, e liderando a competição?

A notícia, da demissão do técnico ribeirão-pretano, de 55 anos, dada na tarde desta segunda-feira, 14, de certa forma pegou de supresa o meio futebolístico, a imprensa, e até mesmo parte da torcida tricolor gaúcha.

Porque Vagner Mancini foi demitido do Grêmio?

Porque Vagner Mancini foi demitido do Grêmio anúncio fo feito nesta segunda-feira
Porque Vagner Mancini foi demitido do Grêmio anúncio foi feito nesta segunda-feira

Está é a pergunta que não cala! Porque em várias oportunidades, em que Dênis Abrahão, vice de futebol do clube, esteve diante de microfones, não faltaram elogios ao treinador, por vezes, até deu garantias de sua permanência no clube.

Leia também

Ainda neste domingo, o dirigente fez afirmações, de que o trabalho de Mancini estava gerando resultados, salientando ainda, que um reflexo disso, era o Grêmio invícto e líder do campeonato estadual.

A justificativa vaga, dada à imprensa, após a dispensa do técnico, foi de que a decisão foi tomada em função do “ambiente externo”.

O que leva todos a pensar, que a torcida do Grêmio teria tido influência na decisão, ou seja, forçado a demissão do técnico. Mas seria justo com o profissional?

Vaias no empate com o Juventude e más atuações

Segundo publicações na mídia esportiva, o treinador não teria “resistido às vaias da torcida após o empate contra o Juventude e as atuações ruins do time no Campeonato Gaúcho”.

Mas qual a culpa do treinador, quais foram a más atuações do treinador, que esteve diante de um time que marcou 10 gols em seis jogos, está invícto, e lidera o Campeonato Estadual.

Alegar que o profissional foi mandado embora devido ao “ambiente externo”, é praticamente assumir que foi apenas por desejo da torcida. Apelo talvez visto nas vaias depois de ver o empate com o Juventude, como ‘mais um resultado ruim’, o que não se justifica.

Se for visto pela atuação do time contra o Juventude, quando o Grêmio criou 20 chances e fez apenas um gol. Então o problema não está no técnico, e sim na pontaria do jogador que erra o chute

E se foi uma questão tática, é provável que o jodador ‘deu de frente’ com uma defesa organizada, o suficiente para bloquear, ou dar pouco espaço para o chute.

E ainda, se for uma questão técnica do ataque, que errou na finalização, ou não teve confiança e habilidade o bastante para finalizar, há de se corrigir.

Demitir Mancini, nas condições em que foi demitido, foi desrespeitoso

Não se pode pegar mais de um mês de trabalho e planejamento, minunciosamente pensados e com um objetivo, e simplesmente jogar no lixo.

Agora deveriam então dizer ao elenco: que tudo o que eles treinaram e aprenderam até aqui, simplesmente não teve nenhum valor, não valeu de nada. Mas o que valerá a partir de então?

Isto nos leva a crer, amantes do esporte quando jogado dentro das quatro linhas, que o problema, (que não está só Grêmio e sim no futebol brasileiro), é fruto de uma mentalidade retrógada.

E que, diante do que temos visto acontecer com técnicos brasileiros, precisa urgentemente evoluir, para não influenciar decisões baseadas numa fase, (ruim?), de um time ou em vaias, depois de um empate ou em apenas quatro jogos (sem derrotas).

Roger Machado será o novo técnico do Grêmio

Já na noite desta segunda-feira (14) o Grêmio anunciou Roger Machado como o novo técnico para a temporada 2022.

O anúncio do novo treinador do tricolor veio poucas horas depois de oficializada a saída de Vágner Mancini do comando técnico do tricolor. É pra pensar!

Para entender mais, leia esta matéria do Leonardo Miranda, para o Ge, (Globo Esporte) na qual me pautei para escrever este artigo.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Roberto MenthaRedator e jornalista por vocação atuando em diversas mídias digitais desde 2015. Interessado na informação atualizada, divertida e verídica.
Veja mais ›
Fechar