Flamengo: As decisões e títulos mais importantes de sua história

As decisões e títulos mais importantes da história do Flamengo
As decisões e títulos mais importantes da história do Flamengo (Divulgação/Twitter)
publicidade

Neste dia 15 de Novembro o Flamengo completa 126 anos de existência, vamos relembrar alguns títulos mais importantes da história do clube.

Nesta segunda-feira (15), o Rubro Negro completa mais um ano de existência, o clube é conhecido até hoje por sua imensa torcida; E na história do clube foram diversos ídolos e títulos. Por isso, vamos conhecer um pouco mais a respeito desses títulos.

publicidade

Alguns hoje em dia são menos lembrados outros são inesquecíveis e essenciais para a história do Rubro Negro, e são exaltados pela torcida até os dias de hoje. Vamos relembrar de uma parte dessas conquistas na história do Flamengo.

Torneio Rio-São Paulo 1961

O Flamengo não teve uma década de 60 repleta de títulos, mas com certeza o melhor momento desta década foi a conquista do torneio Rio-São Paulo. Isso porque o tanto Rio de Janeiro quanto São Paulo eram as grandes potencias do futebol Brasileiro, e o torneio tinha mais valor do que nos anos 90 e 2000.

publicidade

O torneio era disputado em duas fase; Na primeira fase, dois grupos divididos em Grupo A equipes de São Paulo e Grupo B equipes do Rio de Janeiro. Nesta fase do torneio as Equipes do Grupo A enfrentavam as equipes do Grupo B.

Na segunda fase, um grupo com seis equipes se enfrentavam em todos contra todos em pontos corridos, a equipe com a melhor pontuação se sagrava campeã. O torneio contava com América, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco da Gama pelo Rio de Janeiro; As equipes de São Paulo eram Corinthians, Palmeiras, Portuguesa, Santos, São Paulo.

publicidade

O jogo final do título do Flamengo foi contra o Corinthians, o Rubro Negro venceu por 2 a 0 com gols de Dida e Joel.

Campeonato Carioca 1978

Para muitos esse foi o começo de tudo, o Flamengo já tinha uma geração vencedora com Zico, Júnior, Adílio entre outros. Entretanto essa geração vencedora, ainda não era campeã e simplesmente havia perdido o campeonato do ano anterior de forma traumática para seu rival Vasco da Gama.

publicidade

Entretanto, no ano de 1978, o Flamengo teve sua forra sob o mesmo rival. No jogo final contra o Vasco o título por pouco não sairia até que no escanteio quase aos 45 minutos do segundo tempo, o “Deus da Raça” Rondinelli marca o gol do título.

Mundial Interclubes 1981

Desde Santos em 1963, o Brasil não tinha um campeão do mundo, entretanto, essa história mudaria em 1981. Com a geração vencedora iniciada nos anos 70 mais madura, o título foi uma espécie de coroação a uma das temporadas mais vitoriosas da história do Flamengo.

publicidade

Após ser campeão Brasileiro em 1980, o time entrou em 1981 sendo campeão da Libertadores, Carioca e do Mundial de Clubes; Fazendo assim a primeira Tríplice Coroa da história do clube.

Com os gols de Adílio e dois gols de Nunes, o Flamengo bateu o Liverpool e sagrou campeão do Mundo no que é até hoje a maior conquista da história do Rubro Negro.

publicidade

Campeonato Brasileiro de 1992

O Flamengo apesar de ter um time promissor não era o favorito a levar o Brasileiro de 92. Isso porque havia o São Paulo campeão da Libertadores e Mundial com grande time em busca do bicampeonato Brasileiro, Corinthians e Vasco com um elenco mais maduro e campeões nos anos anteriores. Enquanto o Flamengo tinha Júnior já em final de carreira, Gaúcho e Gilmar; E mais um punhado de jogadores da base campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 1990.

Entretanto, essa geração levou o Flamengo a ser campeão, em um dos seus primeiros títulos conquistados mais pela raça do que totalmente pelo talento. Embora tivesse seus méritos a equipe não teve a melhor campanha se classificando na primeira fase em quarto lugar; E na segunda fase se classificou com um ponto de diferença do seu rival Vasco que terminou em segundo.

publicidade

Na Final contra o Botafogo no jogo de Ida o Rubro Negro venceu por 3 a 0 e levou uma imensa vantagem para o jogo de volta; Onde o Rubro Negro apesar de ter aberto 2 a 0 no primeiro tempo levou o empate, mas mesmo assim acabou se sagrando Campeão Brasileiro.

Campeonato Carioca 2001

Existem jogos que são marcados por apenas um lance e este aqui com certeza é um destes jogos. O panorama era o seguinte o jogo de ida havia terminado com a vitória por 2 a 1 para o Vasco, que no jogo de volta precisava apenas do empate ou poderia perder pelo mesmo resultado devido a melhor campanha no campeonato.

O jogo final foi dramático o Flamengo vencia por 2 a 1, com gols de Edílson 2x para o Fla e Juninho Paulista para o Vasco. Mas aos 43 minutos do segundo tempo, surge Petkovic com sua cobrança magistral e que para muitos Flamenguistas é o maior gol de todos os tempos; Garantindo não só a vitória mais o título e o Tricampeonato sob o Vasco.

publicidade

Leia Mais: Léo Moura admite ter comemorado título da Libertadores do Flamengo

As vitórias do Flamengo neste tricampeonato sob o Vasco tem um sabor especial, pois o Cruzmaltino, tinha grandes conquistas naquele tempo mas não conseguia derrotar o Flamengo.

Em 1999, o time acabava de ser campeão da Libertadores e foi derrotado pela primeira vez pelo Flamengo; Já em 2000 foi vice campeão mundial e perdeu novamente para o Rubro Negro; Em 2001, o Vasco era campeão Brasileiro e da Mercosul de 2000 e novamente perdeu para o Fla.

publicidade

Copa do Brasil 2006

Talvez a Copa do Brasil de 2006 não tenha o mesmo peso do que o Brasileiro de 2009; Mas possivelmente um não existiria sem o outro. O Flamengo vinha de uma grave crise no seu futebol tendo escapado do Rebaixamento por dois anos consecutivos, a Copa do Brasil de 2006 foi um respiro para esse time além de um sinal de que as coisas poderiam mudar.

O título já havia escapado por duas vezes do Flamengo em 2003 e 2004; E em 2006 foi contra seu maior rival o Vasco da Gama, assim esse título tem um sabor diferente. Pode não ser o mais importante, mas foi fundamental para entendermos os times e título que viriam daí por diante.

Libertadores 2019

Em um salto de 13 anos, na nossa lista e de 38 anos desde a última conquista da América; O mágico time comandado por Jorge Jesus novamente alcançou o título da Libertadores depois de quase 40 anos. Com um time revolucionário inovando na forma de jogar o Flamengo avançou até chegar a final da Libertadores da América pela segunda vez.

publicidade

Entretanto, apesar de um jeito novo na final contra o River Plate o time conquistou o título a moda antiga. Começando atrás do placar, mas faltando cinco minutos para o final da partida Gabigol marcou duas vezes garantindo o título ao Flamengo.

 

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar