Copa do Brasil: Será que o Formato atual exclui os times menores?

publicidade

Com o Fluminense garantindo a classificação no Sábado contra o Criciúma, o Grêmio jogando nesta terça-feira (03), com 3 a 0 a seu favor. Será que a Copa do Brasil exclui os times pequenos?

Não é de hoje que a Copa do Brasil dá uma impressão de que ela passou a ser para os clubes da elite, isso porque o último time de fora da elite a ser campeão foi Paulista de Jundiaí em 2005. De lá pra cá a Copa do Brasil passou por muitas mudanças, deixando de ser um torneio paralelo, para ser vista como um dos principais torneios do Futebol Brasileiro.

publicidade

No primeiro momento na sua criação ela contou apenas com 32 clubes em 1989, mas com o passar dos anos o torneio foi crescendo ao ponto de hoje em dia contar com 92 equipes. Ao longo da sua história seu formato foi modificado, mas a mudança mais fundamental foi na edição de 2001, os clubes participantes da Libertadores da América não participarem da Copa do Brasil.

Vamos comentar um pouco melhor sobre essa determinação mais a frente.

publicidade
Copa do Brasil: Será que o Formato atual exclui os times menores?
Copa do Brasil: Será que o Formato atual exclui os times menores? (Imagem do Google)

Vamos ver como a Copa do Brasil passou a ser vista e se ela realmente passou a excluir os times pequenos.

publicidade

A Copa do Brasil pós anos 2000

Depois dos anos 2000 a Copa do Brasil de fato passou a ser uma competição um pouco mais democrática, isso porque, uma vez que os times classificados para a Libertadores fora, houve muito espaço para os Clubes da Segunda e Terceira divisão. Vale lembrar Brasiliense em 2002, Santo André e 15 de Novembro em 2004, Paulista e Ceará em 2005.

Isso mostra quantos clubes considerados pequenos neste momento, conseguiram sobressair na disputa. Que era contra clubes da Elite, mas com um elenco compatível daqueles times. Afinal o Cruzeiro de 2003, Santos de 2004 ou São Paulo de 2005 não estavam na Copa do Brasil. Talvez se esses e outros grandes elencos estivessem o torneio fosse mais desequilibrado.

publicidade

Leia mais: Renato Gaúcho fez milagre no Flamengo? Ou apenas acertou erros?

Entretanto, se nós observarmos as semifinais a partir de 2013, somente o Goiás neste mesmo ano foi o clube de fora da elite tradicional esteve entre os quatro primeiros. E mesmo assim o Goiás estava na série A naquele mesmo ano, o que faz com que ele não seja uma surpresa tão grande.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Assim, podemos ver que atualmente não sobra muito espaço para os clubes das divisões inferiores. A Copa do Brasil está cada vez mais sendo o sonho de consumo dos clubes da elite e ela está mais disputada do que nunca.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar