Morre o narrador esportivo Roberto Queiroz, o Garganta de Aço

Roberto Queiroz
Morre o narrador esportivo Roberto Queiroz, o Garganta de Aço (Imagem: Reprodução / Globo)
publicidade

Conhecido como Garganta de Aço, o narrador esportivo Roberto Queiroz morreu no último domingo (24), no Recife. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (25), pela Rádio Jornal, onde o profissional trabalhou durante muitos anos.

A Globo também confirmou o óbito com os parentes do radialista, mas a causa da morte não foi informada para a imprensa. O narrador estava com 71 anos de idade e ficou conhecido por sua voz forte durante as transmissões.

publicidade

A princípio, Roberto Queiroz esteve presente em vários campeonatos dos clubes pernambucanos e presenciou uma série de conquistas. Em suma, a apuração feita pelo Globo Esporte, a família informou que ele estava internado em um hospital no bairro do Derby, região central da capital.

Leia também

publicidade

Porém, o nome do hospital onde ele estava internado também não foi informado pelos parentes. Nas redes sociais, vários fãs publicaram mensagens homenageando o narrador.

Roberto Queiroz iniciou sua carreira junto com o irmão Mané Queiroz

Roberto Queiroz
Morre o narrador esportivo Roberto Queiroz, o Garganta de Aço (Imagem: Reprodução)
publicidade

Em Caruaru, no Agreste do estado, o Garganta de Aço começou sua carreira ao lado do irmão Mané Queiroz, que morreu em 2014. Entre os vários momentos de sua carreira que deram o que falar, está a narração do título do Campeonato Brasileiro do Sport, de 1987.

O radialista gritou junto com a torcida o nome de Marco Antônio, craque do clube responsável pelo gol da vitória. Fora o trabalho que realizou durante muito tempo na Rádio Jornal, Roberto Queiroz trabalhou também na Rádio CBN e logo depois na Clube.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

A família ainda não falou sobre a causa da morte, o que acabou gerando uma enorme curiosidade no público. Posteriormente, o governador Paulo Câmara (PSB) também divulgou uma nota lamentando o caso.

“Tinha espaço cativo no coração dos que acompanhavam o esporte pelo rádio, com sua narração emocionante, possante e inconfundível”, diz um trecho do documento. Além disso, em outro momento ele afirma que o profissional deixará saudades. 

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Henrique Carlos
Henrique CarlosApaixonado por televisão e cinema, desde 2009 trabalha com internet. Já passou por grandes veículos de comunicação e teve experiência no rádio. Atualmente estuda para continuar crescendo na área e pode ser acompanhado através do perfil @henriquethe2 no Twitter.
Veja mais ›
Fechar