Corinthians: Cássio fala sobre tentativa de agressão de Torcedor do Santos

Cássio no momento da invasão
Cássio em momento da tentiva de agressão - Foto: Reprodução/R7
publicidade

Após confirmar a classificação para às quartas de finais da Copa do Brasil, o goleiro do Corinthians, Cássio, comemorava a vaga conquistada ao término da partida de volta contra o Santos, que teve resultado positivo de 1-0 para o time da casa, na Vila Belmiro, e foi surpreendido com a invasão e a tentativa de gressão de um torcedor do Peixe.

Dessa forma, o camisa 12 se manifestou através de seu perfil oficial no Instagram e repudiou totalmente o ocorrido. Além disso, na nota, também agradeu o apoio dos jogadores santistas que se manifestaram à favor dos corintianos.

publicidade

“Não podemos normalizar o que aconteceu ontem na Vila Belmiro. Estivemos diante da possibilidade de uma situação bem mais grave. Atitudes precisam ser tomadas, antes que aconteça alguma tragédia. Quero agradecer o apoio e manifestações que recebi. Em especial aos jogadores do Santos que se posicionaram de maneira contrária ao fato”, disse em nota.

Leia também

Por fim, o atleta completou dizendo que precisa ter união entre os profissionais. “A união dos jogadores, independentemente da camisa que vestem, nos dá esperança de que é possível melhorar nosso futebol, desde que haja boa vontade de todos os envolvidos”, finaliza Cássio em nota.

publicidade

Invasores são detidos e podem pegar 2 anos de prisão

Nota cássico no Instagram
Cássio emite nota de repúdio à agressão sofrida após o clássicoFoto: Reprodução/Instagram

Apesar da Polícia Militar (PM) deter os oito invasores, os mesmos foram liberados após prestarem depoimento. Entretanto, ao fim do processo é possível que recebam pena de até dois anos de prisão e multa.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Ao término do fato, o Delegado Cesar Saad, da Delegacia de Repressão aos Delitos de Intolerância Esportiva (DRADE), frisou que os invasores passaram por audiência na madrugada, no Juizado Especial Criminal (Jecrim), dentro da Vila Belmiro. Ao fim, foram liberados.

Baseado no artigo 41-B, do Estatuto do Torcedor, os autuados foram enquadrados no tem que diz sobre “promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos competidores em eventos esportivo”.

Cássio não abrirá boletim de ocorrência

Mesmo sofrendo a agressão e se indignando com mais um ato triste no futebol, o goleiro corintiano não prestará depoimento contra o “torcedor”. Dessa forma, o invasor terá que se defender apenas contra o processo aberto pela PM.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar