Caminho do Real Madrid até a final da Champions League

A decisão da Champions League entre Liverpool e Real Madrid acontece no sábado (28),
Campanha dramática leva o Real Madrid até a decisão da Champions League. (Foto: Reprodução)
publicidade

O Real Madrid trilhou um difícil caminho até chegar a final da Champions League e enfrenta o Liverpool no próximo dia 28, repetindo a decisão de 2018 do torneio.

O confronto final da principal competição de clubes do mundo põe dois gigantes frente a frente para disputar a taça. São duas trajetórias distintas e conduziram Liverpool e Real Madrid até a final da Champions League. Essa será a terceira final entre os clubes pela competição.

publicidade

“Reis da Europa” que dizem?

Real Madrid busca sua 14° Champions League.
Real Madrid busca sua 14° Champions League. (Foto: Reprodução)

Nem só de vitórias e momentos felizes se vive um reinado, assim pode ser descrita a campanha do Real Madrid na Champions League, com altos e baixos. O clube espanhol enfrenta sua 17° final do torneio, já tendo vencido 13 edições, sendo com folga o maior vencedor da competição, não é atoa que são chamados de “Reis da Europa”.

publicidade

Leia também

A primeira “batalha” do time na competição não teve o resultado esperado. O Real Madrid estreou na edição com uma derrota em casa contra o Sheriff da Moldávia por 2 a 1, pela fase de grupos. 

publicidade

Após a zebra, ‘os merengues’ venceram todos os confrontos do Grupo D, contra o Inter de Milão, Shakhtar Donetsk e o reencontro com o Sheriff. Na fase, o Real Madrid alcançou 15 pontos, se classificando para às oitavas de final estando na primeira posição do grupo, com 14 gols marcados e três sofridos.

Confronto de ida e volta só acaba quando termina

Nas oitavas de final, o Real Madrid esbarrou no temido Paris Saint-Germain do “trio MNM”, Messi, Neymar e Mbappé, com uma equipe especialmente montada para a competição, e em Paris, os espanhóis cederam a pressão.

publicidade

No dia 15 de fevereiro, o Real Madrid parecia não estar em campo, o time parisiense em casa poderia ter feito mais se não fossem as super defesas de Courtois, tendo até pênalti perdido por Messi. O único gol da partida veio nos acréscimos com Mbappé que deu a vantagem para o Paris Saint-Germain.

No dia 9 de março, em casa, o Real pretendia escrever uma história dramática fazendo de sua classificação algo improvável. O PSG dominava o jogo, mas o destino não perdoaria, ou melhor, o Real Madrid, não perdoaria as chances desperdiçadas pelos franceses com gols anulados e perdidos.

publicidade

Em uma falha na saída de bola do goleiro do Paris, Donnarumma, Karim Benzema empatou para o Real. O lance polêmico teve a insatisfação do lado francês que reclamou de falta no goleiro, mas o que fez barulho no Santiago Bernabéu foi a esperança da torcida espanhola ressurgindo.

Benzema, inspirado tratou de em poucos minutos acrescentar mais dois gols no placar, coroando a classificação do Real Madrid em um momento dramático da equipe na competição que não seria o último.

publicidade

Real Madrid desbancou o Chelsea nas quartas de final

Os merengues encontraram com o atual campeão da competição, o Chelsea que havia eliminado o Real Madrid nas semifinais de 2021.  O clube espanhol parecia com sede de vingança quando, em Londres, fez 3 a 1 sobre os azuis, com três gols de Benzema, Havertz marcou pelo Chelsea.

No jogo de volta, na noite de 12 de abril, no Santiago Bernabéu, mais uma vez o Real Madrid preferiu que a classificação fosse com emoção e apesar da vantagem obtida em Londres, o Chelsea resolveu avisar ao Real que era o atual campeão da competição, abrindo o placar de 3 a 0, com gols de Mount, Rüdiger e Tomo Werner. 

publicidade

Relembrando mais uma vez que é o maior campeão da competição, quando tudo parecia perdido, o Real Madrid diminuiu o placar com o brasileiro Rodrygo que conduziu o jogo para a prorrogação. E mais uma vez, brilhou a estrela de Benzema que marcou, de cabeça, o gol que classificou o Real para a semifinal.

Real Madrid x Pep Guardiola

A semifinal proporcionou o confronto do Real com o ex-técnico do maior rival da equipe, o Barcelona, Pep Guardiola. 

O treinador que hoje comanda o Manchester City viu sua equipe vencer o time de Carlo Ancelotti por 4 a 3, no Etihad Stadium, em Manchester, em 26 de abril. Os gols foram marcados por De Bruyne, Gabriel Jesus, Foden e Bernardo Silva. Do lado do Real Madrid, Benzema em bela fase mais duas vezes marcando pelo time e Vinícius Júnior fechando o placar.

publicidade

O confronto de volta, no Santiago Bernabéu, no dia 4 de maio, prometia fortes emoções e cumpriu. O Manchester City abriu o placar, dificultando ainda mais a vida do Real, mas foi aí que Rodrygo mudou o rumo da história, conduzindo a partida à prorrogação com dois gols.

E a dupla Benzema e Rodrygo resolveu brilhar mais uma vez para levar os “Reis da Europa” para mais uma decisão da Champions League. Em uma jogada de Rodrygo, Karim Benzema sofreu pênalti e converteu a cobrança para a alegria do clube espanhol.

Liverpool e Real Madrid decidem a Champions League 2022

O Real Madrid agora enfrenta o gigante inglês Liverpool. Em números, o Liverpool sai na frente, 10 vitórias, 1 empate e 1 derrota na competição. 

publicidade

Os números do Real animam menos, os merengues tiveram 8 vitórias, e quatro derrotas na Champions League. Em meio às estatísticas, o Real Madrid confia na frieza desenvolvida pela equipe durante a competição em meio a difícil trajetória do time.

 

A decisão da Champions League entre Liverpool e Real Madrid acontece no sábado (28), em Paris, na França, a partir das 16h pelo horário de Brasília.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar