Kimmich fala pela primeira vez após complicações de COVID-19: “Eu decepcionei todo mundo”

Kimmich aplaude torcida ao final de partida
Kimmich falou pela primeira vez após caso sério de COVID-19 que o tira dos gramados até 2022. (Foto: Divulgação/ Bayern de Munique)
publicidade

Muito criticado por sua posição sobre tomar ou não vacina contra COVID-19, Joshua Kimmich teve doença que o tira dos gramados até 2022.

Sua posição sobre a imunizante virou pública através de meios de comunicação da Alemanha e isso não foi bem recebido pelo público.

publicidade

Kimmich mudou de opinião?

Em meados de novembro, a medida que os casos de COVID-19 aumentavam na Alemanha, surgiu notícia nos portais de notícia alemães de possíveis punições do Bayern de Munique para jogadores não vacinados.

Assim, circulou a informação de que Joshua Kimmich, após ter feito campanha em prol do imunizante, não havia tomado sua dose e, por isso acabou sendo bastante criticado.

publicidade

O assunto também virou tema de debate durante e antes de jogos do Bayern. Em uma ocasião, ex-jogador do clube, Mario Gomez atacou posição do meia em TV nacional.

Ainda assim, o jogador seguiu com sua posição e acabou contraindo a doença. Menos de um mês depois, foi confirmado pelo Bayern de Munique que ele não jogará mais em 2021 devido à complicações com a doença.

publicidade
Kimmich aplaude torcida ao final de partida
Kimmich falou pela primeira vez após caso sério de COVID-19 que o tira dos gramados até 2022. (Foto: Divulgação/ Bayern de Munique)

Abrindo o jogo após quarentena

O meia vinha se recuperando de caso de Coronavírus e saiu de quarentena recentemente. Ele afirmou que já tinha agendado sua vacina.

publicidade

“Eu já tinha agendado data de tomar minha vacina durante minha segunda quarentena. Infelizmente, eu peguei COVID-19 antes disso. Claro, teria sido melhor se eu tivesse me vacinado antes”, contou Kimmich.

Falando sobre as razões para a indecisão sobre tomar o imunizante, ele explicou seu pensamento.

publicidade

“Em geral, era difícil para mim lidar com meus medos. Por isso que fiquei indeciso por tanto tempo”, afirmou.

Ainda assim, de acordo com Kimmich, ele desapontou a todos por não tomar vacina.

publicidade

“Eu fui o responsável por ter ficado de fora de partidas importantes e deixar de ajudar a equipe. Isso não teria acontecido com a vacina. Foi por isso que decepcionou a todos”, revelou.

O  meia também abriu jogo sobre ser ‘modelo’ para sociedade.

publicidade

“Claro que eu tenho consciência da função de um exercer uma função de exemplo para a sociedade. Mas eu sou humano com medos e preocupações. Não é minha função convencer as pessoas a se vacinarem”, disparou.

 

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Igor Alcoforado Fonsêca- Editor e Redator para o Guia do Boleiro
Igor Fonseca25 anos; Jornalista; Viciado em futebol e games; Passei por Torcedorescom e Vavel Brasil.
Veja mais ›
Fechar