Entenda como irá funcionar a nova Lei do mandante

Senado aprova lei do mandante
Reprodução
publicidade

Nesta terça-feira (24) o senado aprovou a Lei do mandante, que dá direito ao clube que irá mandar a partida escolher o direito de transmissão!

O Senado aprovou nesta terça-feira a PL do Mandante, o texto determina que caberá ao mandante o direito de negociar a transmissão da partida. O que estava previsto na Lei Pelé até então é que ambos os clubes deveriam decidir em comum acordo.

publicidade
Entenda como irá funcionar a nova lei do mandante
Entenda como irá funcionar a nova Lei do mandante (Waldemir Barreto/Agência Senado)

A matéria foi aprovada de forma unanime com 60 votos a favor e segue para a aprovação do presidente da república. Mas vamos entender melhor o que muda com essa nova lei, e como ela pode mudar a forma se assistir futebol.

publicidade

Leia mais: Flamengo goleia Grêmio com um a menos e facilita classificação

O que muda com a nova Lei do mandante

Como a premissa da Lei do mandante mesmo já diz cabe apenas ao mandante o direito de transmissão, desta forma as emissoras de TV precisariam apenas negociar com um dos times não com os dois. E os donos da casa ainda poderiam transmitir seus jogos por conta própria em seus canais no YouTube, tal qual aconteceu em alguns estaduais.

publicidade

Hoje em dia para que um jogo seja transmitido por uma determinada emissora os dois clubes precisariam ter contrato com uma determinada emissora. Com a nova Lei do mandante em vigor apenas o mandante de uma determinada partida precisará ter contrato.

Com esse novo formato os clubes poderão explorar diversas possibilidades, dentre elas até mesmo levar o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil para o Streaming. Apesar de ser muito celebrada a lei tem os seus prós e contras.

publicidade

Os prós e contras

  • Prós

O fim da exclusividade de uma única emissora é a maior vantagem desta lei, que visa maior abrangência do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Com a lei em vigor mais emissoras poderão entrar na disputa para transmitir os jogos o que traz mais diversidade. As principais emissoras que podem se beneficiar com a nova lei seriam: TNT e SBT.

publicidade

Outro ponto interessante é que essa abrangência pode ser o fim dos apagões, ou seja dos jogos sem transmissões, ou apenas transmitidos por pay per view. Uma vez que os jogos podem ser mais abertos e a depender do mandante e dos horários é possível que todos os jogos de uma rodada seja das séries A, B ou C tenham transmissão ao vivo. Mas isso de certa forma já pode se incluir no contra.

  • Contras
publicidade

Assim como falamos anteriormente, a negociação seria entre os clubes e as emissoras de TV. Deste modo, as emissoras poderiam escolher quais partidas seriam mais interessante transmitir. E em alguns casos algumas partidas com menos audiência podem acabar ficando de fora da TV.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Outro fato que pode ser uma desvantagem é que a depender de quantas emissoras ou streamings resolverem negociar com os clubes, o pode gerar uma grande confusão com relação À transmissão de jogos. Além do fato de que as transmissões por parte dos próprios clubes, muitas vezes é questionada por fãs e pela própria imprensa.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar