Ganso provoca torcida do Santos ao marcar de pênalti e fala sobre retorno

Ganso comemorando gol após pênalti convertido na Vila Belmiro
Ganso comemorando gol após pênalti convertido na Vila Belmiro - Foto: Maurício de Souza/Estadão Conteúdo
publicidade

Em confronto válido pela 20ª rodada do Brasileirão Série A, o Fluminense empatou com o Santos em 2-2, na Vila Belmiro. Com gol de Paulo Henrique Ganso, o camisa 10 do time carioca, que iniciou no Santos em 2010, marcou com gol de pênalti e provocou a torcida santista.

No duelo, o meia-campista balançou as redes e comemorou fazendo sinal de maestro, símbolo marcado quando fazia gols no estádio paulista. O jogo mais marcante, que concretizou Ganso como regente, foi na goleada por 8-0, sobre o Bolívar, na Libertadores 2012.

publicidade

Entretanto, ao término da partida, Ganso disse que não provocou, que sente saudades do time da baixada santista e que seu desejo é voltar a vestir a camisa do Santos. “A comemoração não foi provocação como acharam, foi só para relembrar. Foi um clube onde fui muito feliz. Jogar contra é complicado pois a torcida fica brava, normal, mas quem sabe eu não volte?”, em entrevista ao Premiere.

Ganso vestiu camisa do Santos e foi criticado pela torcida do Fluminense

Ganso vestiu a camisa do Santos ao término da partida contra o Fluminense
Ganso vestiu a camisa do Santos ao término da partida contra o Fluminense – Foto: Reprodução/Premiere
publicidade

Normalmente, quando termina os jogos, os jogadores buscam trocar suas camisas para ter recordações futuras. Portanto, o camisa 10 do Fluminense chamou o atacante Ângelo, do Santos, e trocou as vestimentas. Além disso, ao deixar o gramado, Ganso vestiu a camisa do alvinegro praiano e foi amplamente criticado pela torcida do Fluminense, que esteve presente na Vila Belmiro.

Nas redes sociais circula um vídeo feito pelos fanáticos cariocas criticando o meia após a partida. Na situação, Ganso foi cobrado e ouviu os comentários: “você colocou a camisa do Santos, ‘tá’ de brincadeira”. Em sequência, respondeu: “Ah, eu tenho uma história aqui, pô”.

publicidade

Camisa 10 do Fluminense foi campeão da Libertadores com o Santos

Quando iniciou no futebol profissional, Paulo Henrique Ganso surgiu no Santos e, sem dúvidas, era uma das maiores promessas do Brasil. Em parceria com Neymar, entre 2010 e 2012, a dupla fez história e fez com que o país parasse para assistir aos jogos do Peixe.

Em sua passagem no time santista, o meia foi tricampeão do Paulistão (2010, 2011 e 2012), campeão da Libertadores (2011), Recopa Sul-Americana (2012) e da Copa do Brasil (2010). No profissional do Santos, foram 162 jogos, marcando 36 gols e concedendo 37 assistências.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar