Fábio conta de proposta recebida em 2006 do futebol Espanhol

Fábio conta de proposta recebida em 2006 do futebol Espanhol
Fábio conta de proposta recebida em 2006 do futebol Espanhol (Divulgação/CBF)
publicidade

O Goleiro Fábio conta sobre a proposta recebida em 2006 para deixar o Cruzeiro rumo ao futebol espanhol.

Em carta publicada no site “The Players Tribune” o goleiro do Cruzeiro conta com detalhes da vez em que esteve a ponto de fechar com um clube do futebol Espanhol. Sem revelar o nome do clube o guarda metas comenta sobre um possível “Sinal de Deus” para continuar na Raposa.

publicidade

No Cruzeiro desde 2005 Fábio é com certeza um dos jogadores mais memoráveis do clube. Ao todo foram cerca de 860 partidas com a camisa Celeste sendo o jogador com mais partidas pelo Clube.

Fez parte de grandes momentos como a conquista do Bicampeonato Brasileiro em 2013 e 2014. Mas também enfrenta junto ao clube a pior crise de sua história permanecendo na segunda divisão até o momento.

publicidade

Na carta divulgada também pelo site Estado de Minas o goleiro relata bem o momento de sua decisão. E como a sua esposa foi fundamental para a decisão da permanência no Cruzeiro.

Fábio durante um treino no Cruzeiro
Fábio conta de como sua esposa foi decisiva na sua decisão de permanecer no Clube (Divulgação/GE)
publicidade

Segundo o Fábio a proposta veio no seu último dia de férias, e partiram para a Espanha o goleiro com sua família. Chegando lá relatou o guarda metas da seguinte forma:

“A gente curtindo. Passamos no hotel pra deixar a Sandra e o Pablo e, quando eu estava saindo, a Sandra me puxa:

– Vem cá, vamos orar.

Achei estranho, porque a gente nunca tinha rezado junto. Oramos e ela falou assim:

– Senhor, se não for uma bênção para as nossas vidas, pode levar a gente embora, que tudo bem.

E eu pensando comigo: Oi?! Como assim?! O que minha mulher tá falando?! É o nosso sonho viver na Europa. Está tudo certo. Só assinar. Eu disse “amém” e fui pro estádio. Era Deus falando com ela, só podia ser. Entendi isso depois.”, relatou o goleiro

publicidade

Leia Mais: Presidente do Nabuquense retorna a FPF com novidades para os atletas

Chegando no clube o goleiro relata que compreendeu bem a prece de sua esposa como ele mesmo disse:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“[…] Quando sentei na frente do dirigente e li o contrato, vi que estava tudo errado. Valores, duração, tudo. Eu balançava a cabeça e o dirigente:

– Tem alguma coisa errada, Fábio?

– Ô se tem. Só o meu nome está certo aqui.

Aí a gente esclareceu. Meu empresário tinha acertado com um agente espanhol, e esse agente não passou os termos corretamente pro clube. Mesmo assim, o dirigente me queria muito lá e continuou:

– Não tem problema. Pode rasgar esse contrato. A gente escreve outro agora mesmo. O que você quer?

Pedi tudo o que eu queria – aproveitei pra dar uma exagerada, inclusive hahah – e ele não disse um não. Mas, como estava demorando, enquanto redigiam o contrato novo eu dei uma saidinha pra ligar pra Sandra.”

publicidade

Fábio comenta que durante a ligação para a sua esposa o goleiro é alertado pela mesma de que talvez permanecer por ali não fosse uma boa opção.

“É que estava tudo errado no contrato, mas já resolvi, fica tranquila. Estão refazendo e daqui a pouco eu tô aí.

– Mas você esqueceu da oração?

Eu fiquei mudo outra vez, como anos atrás lá no Paraná. Não respondi nada, desliguei o telefone e voltei pra sala do dirigente:

– Rasga esse contrato também. Eu não vou ficar.

– Nós colocamos tudo o que você pediu. Está errado ainda?

– Está certo agora. Mas, quando Deus fala, eu ouço.”

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar