Sylvinho justifica não utilizar quarteto de reforços contra o América-MG

O Corinthians empatou com o América Mineiro no último domingo (19), pela 21º rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Sylvinho, contou com a estreia de Willian em sua volta ao Timão, mas apesar de ter disponível todos os reforços, o treinador optou por não utilizar o quarteto formado por Renato Augusto, Giuliano, Roger Guedes e Willian. O treinador explicou o motivo por não ter usado o quarteto. 

Sylvinho justifica não utilizar quarteto de reforços contra o América-MG
Sylvinho justifica não utilizar quarteto de reforços contra o América-MG (Foto: Rodrigo Coca / Ag.Corinthians)

“Não foi possível, de uma certa forma também nós trabalhamos com todo o elenco, com todos os atletas, não estamos envolvidos em quando e que momento os atletas que vieram qualificar o nosso grupo vão jogar juntos. Nós vamos montando a equipe dia-a-dia, cada um vem de um processo e não houve essa possibilidade nesse momento”.

O Corinthians entrou em campo contra o América Mineiro sem Renato Augusto. Segundo os relatos dentro do clube, a situação física de Renato Augusto ainda não é das melhores. Entre os quatros grandes reforços desta temporada, Renato Augusto é o que menos apresenta condição física para jogar, por isso sua entrada na equipe principal vem sendo de maneira lenta. 

Leia mais: Quem é o maior candidato a ídolo da atual seleção brasileira de futsal?

No confronto contra o América Mineiro, o Corinthians saiu atrás do placar. Logo aos 6 minutos do primeiro tempo, o América abriu o placar na Neo Química Arena, com gol de Marlon. Aos 16 minutos, Giuliano marcou o gol de empate do Corinthians, com passe de Jô dentro da pequena área. O gol foi o primeiro de Giuliano com a camisa do Corinthians. 

Com o empate diante do América Mineiro, o Corinthians de Sylvinho chegou a sete jogos de invencibilidade. O Corinthians ocupa a 6º posição na tabela do Brasileirão, com 30 pontos conquistados. Apesar da sequência de jogos invicto, o trabalho de Sylvinho a frente do Corinthians não vem agradando a torcida alvinegra.

Pressionado pelos torcedores para deixar o cargo, Sylvinho chegou a quatro meses no comando do Timão. Sylvinho tem 23 jogos no Corinthians, com sete vitórias, dez empates e seis derrotas. Na próxima rodada do Brasileirão, o Corinthians tem pela frente o Derby Paulista, clássico contra o Palmeiras

Aspirante a jogador, palpiteiro profissional, comentárista de esquina e especialista em futebol brasileiro e europeu no Guia do Boleiro.