Mundial de Clubes: Japão desiste de sediar competição

Japão desiste de sediar Mundial de Clubes
Divulgação/IG
publicidade

Sede do Mundial de Clubes da FIFA, Japão desiste de sediar competição, e agora a entidade corre contra o tempo

Devido as restrições impostas pela pandemia de Covid-19, o Japão desistiu de sediar o Mundial de Clubes que aconteceria entre os dias 9 a 19 de dezembro. O torneio voltaria ao País após quatro edições sendo sediado no Qatar.

publicidade

Segundo informações divulgadas pela Kyoko a JFA (Associação Japonesa de Futebol), estaria preocupada na realização dos jogos sem público. Sem um bom faturamento a entidade buscava lucrar com o torneio, uma vez sem público a receita não se tornaria atrativa.

Segundo a coluna de Marcel Rizzo do Site UOL, duas possibilidades são levantadas para a realização do torneio:

publicidade

1) Manter a data original, de 9 a 19 de dezembro, definindo uma nova sede que possa receber público, mesmo com capacidade parcial dos estádios;

2) Adiar para o início de 2022, provavelmente em fevereiro, como foi feito em 2020, que só foi realizado em 2021 por causa da pandemia. Essa possibilidade deve colocar o torneio no Qatar, que recebeu as duas últimas edições. E em dezembro receberá a Copa Árabe, evento teste para a Copa do Mundo.

publicidade

Devido a um contrato com o grupo chinês alibaba, o torneio não pode ser simplesmente cancelado com facilidade. E ainda possuí um outro agravante, o mesmo pode impedir que o Mundial de Clubes seja realizado no ano de 2022, devido a questões comerciais.

Se o Mundial se mantiver com data prevista para dezembro, a FIFA terá de buscar um outro país sede, além do Qatar.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar