Seleção Brasileira bate a Espanha e conquista o bicampeonato Olímpico

publicidade

O Brasil X Espanha fizeram um jogo equilibrado a Seleção Brasileira se sagra bicampeão Olímpico, com gol na prorrogação.

Em uma final equilibrada, Brasil X Espanha disputavam o Ouro no Futebol Masculino nas Olimpíadas de Tóquio. A final disputada no estádio Internacional Yokohama trouxe sorte a Seleção Brasileira, que além do Penta conquistou o Bicampeonato Olímpico.

publicidade
Seleção Brasileira bate a Espanha e conquista o bicampeonato Olímpico
Seleção Brasileira bate a Espanha e conquista o bicampeonato Olímpico (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Vamos ver como foi o bicampeonato Olímpico da Seleção Brasileira contra uma forte Seleção Espanhola.

publicidade

Brasil X Espanha como foi a final que garantiu o bi a Seleção Brasileira

Brasil X Espanha fizeram um jogo bem equilibrado com chances para os dois lados. Ambos não queriam correr riscos e isso fez com que em alguns momentos o jogo ficasse preso no meio de campo.

Primeiro Tempo

Já no início do primeiro tempo a Espanha começou dominando o jogo, chegando a ter 70% da posse de bola. Mas isso não resultou em chances, o jogo ficou preso no meio de campo. Tanto que a primeira chance finalização foi apenas aos 11 minutos da primeira etapa. Mas foi a Espanha quem quase teve a chance de abrir o placar num erro da defesa brasileira onde o zagueiro Dani Carlos quase marcou contra.

publicidade

Após esse lance a Seleção Brasileira se ajustou e começou a crescer no jogo, apostando nas bolas longas. Com isso a Espanha se viu obrigada a defender mais. E o Brasil também muito se aproveitou dos erros da saída de bola na Seleção da Espanha.

Leia mais: Messi tem futuro definido e fica perto de anúncio oficial

publicidade

Mas foi aos 34 minutos da primeira etapa que surgiu a primeira grande chance para o Brasil, o após saída errada do goleiro espanhol Donnaruma o mesmo comete pênalti em Matheus Cunha. Entretanto, Richarlison vai para a cobrança e isolou a cobrança.

No entanto, a Espanha não soube tirar proveito do momento delicado do Brasil que logo se recuperou, e nos acréscimos abriu o placar com Matheus Cunha.

publicidade

Segundo tempo

No segundo tempo o Brasil X Espanha já faziam um jogo diferente, com o Brasil mais voltado a administrar o placar e quem sabe tentar finalizar o jogo, enquanto a Espanha buscava o empate. Num primeiro momento, o Brasil teve mais domínio de jogo e conseguiu ter boas oportunidades. Como aos 6 minutos a bola de Richarlison salva por Donnaruma.

Mas a Espanha logo volta a ter domínio do jogo, e isso se confirma quando aos 15 minutos Oyarzabal empata o jogo. Com o gol o jogo passou a ficar bem equilibrado como no início da primeira etapa, mas com a Espanha se aproveitando do bom momento.

publicidade

O gol espanhol fez com que o jogo voltasse a ser mais aberto, com oportunidade para as duas equipes. Ao final do segundo tempo era o Brasil quem vinha mais pra cima da Espanha buscando o gol ainda no tempo regulamentar. Mas a Espanha também manda uma bola no travessão com Óscar Gil aos 39 do segundo tempo e novamente aos 42 com Bryan Gil mostrando que ainda estava viva no jogo.

Nos minutos finais a Espanha se apresentou no ataque, buscando não ir para sua terceira prorrogação seguida. Enquanto o Brasil apesar de buscar o ataque parecia não conseguir encaixa-lo ao certo. Mas o jogo seguiu para a prorrogação.

publicidade

Na prorrogação a vitória da seleção brasileira

No primeiro tempo da prorrogação, Brasil X Espanha passou a ser um jogo mais tímido até os cinco minutos do primeiro tempo. Quando Malcom conseguiu a primeira oportunidade que deu início a uma blitz brasileira no ataque espanhol, que parecia ter sentido o cansaço de três prorrogações seguidas. E o Brasil tomou conta do jogo.

A pressão do Brasil seguiu na segunda etapa, e logo aos dois minutos o Brasil chega ao segundo gol com Malcom. A partir do gol do Brasil, o jogo passou a ser mais aberto, de uma Espanha já cansada, contra o Brasil que apenas buscava uma oportunidade para ampliar o placar. A Espanha buscava uma oportunidade para ampliar o placar mas o cansaço falou mais alto, e o Brasil ficou com o Ouro.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar