Reforço do PSG, Wijnaldum revela motivo de saída do Liverpool

publicidade

Já no Paris Saint-Germain o volante, Georginio Wijnaldum, revelou um dos motivos de sua saída do Liverpool, e aparentemente, não foi por questões financeiras. Wijnaldum revelou mágoas que não ficaram para trás, segundo o holandês, ele não se sentia valorizado no clube inglês. 

“Houve um tempo em que não me sentia amado ou valorizado”, lamentou. “Não pelos meus companheiros nem pelos empregados do clube. Não falo deles. Posso dizer que todos me amam e eu amo-os. Não era desse lado, mas de outro…”, explicou Wijnaldum

publicidade

“Devo dizer que também existiam redes sociais. Quando corria mal, eu era o jogador que eles culpavam, e eles diziam que era porque eu queria ir embora. Todos os dias nos treinos e nos jogos, dava tudo o que tinha, porque o Liverpool significou muito para mim e pela forma como os adeptos me trataram no estádio”, acrescentou o volante

“A minha sensação era que os fanáticos no estádio e os fanáticos nas redes sociais era de dois tipos diferentes. Os adeptos no estádio sempre me apoiaram. Inclusive quando regressaram sabendo que me ia embora. Mas apoiaram-me até ao final e deram-me uma grande despedida”, anotou. “Nas redes sociais, se perdessemos, eu era o culpado. Houve um momento em que pensei: ‘Se soubessem o que estou a fazer para me manter em forma e jogar todos os jogos’. Outros jogadores podiam ter dito: Está bem, não estou em forma’. Há jogadores que no último ano não jogam porque é um risco. Eu fiz o contrário”, finalizou. 

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Whylmys FilhoAspirante a jogador, palpiteiro profissional, comentárista de esquina e especialista em futebol brasileiro e europeu no Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar