O Flamengo evoluiu nas últimas rodadas?

O Flamengo evoluiu nas últimas rodadas?
O Flamengo evoluiu nas últimas rodadas? (Divulgação/Coluna do Fla)
publicidade

Pode se dizer que o Flamengo conseguiu evoluir e ir com total tranquilidade para a Final da Libertadores contra o Palmeiras?

Após o empate com a Chapecoense o Flamengo deu adeus as suas possibilidades reais de título no Campeonato Brasileiro. Embora esteja a seis partidas sem perder no Brasileirão os empates foram fundamentais para a equipe Rubro Negra, ter menos chances na briga contra o Atlético Mineiro. Mas será que se pode tirar algo de positivo das últimas partidas?

publicidade

Uma coisa é certa, Renato Gaúcho não soube trabalhar bem a equipe em mais de duas competições se dividir entre Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores deu certo em um primeiro momento, mas depois o desgaste começou a cobrar do elenco. E Renato parecia não ter muito repertório ou conseguiu tirar o máximo que o time poderia dar.

Mas a partir da partida contra o Bahia o Flamengo começou a apresentar pontos positivos. A defesa que era um grande problema passou a ser mais compactada e ser até mais organizada; O ataque passou a ser mais ousado e arriscar alguns chutes de fora da área, vale destacar os gols de Andreas Pereira naquela mesma partida e Michael na partida contra o São Paulo.

publicidade

Embora o jogo contra o Bahia seja marcado por erros admitidos pela Arbitragem, é preciso saber reconhecer que a partir desta partida ocorreu uma evolução. Assim, como é preciso reconhecer a atuação intensa sem dar muitas chances para o São Paulo, onde o Flamengo dominou o jogo e teve uma ótima atuação.

Leia Mais: Flamengo X Corinthians: Decisão nos minutos finais

Ainda é preciso destacar a ação defensiva na partida contra o Corinthians. Apesar do Timão ter feito um jogo oportunista, buscando aproveitar espaços e com um intuito de segurar o empate. Ainda sim a defesa foi muito bem quando acionada, e trabalhou muito bem reduzindo os espaços, assim como na partida contra o São Paulo.

publicidade

Da mesma forma como o ataque passa a ter mais recurso, Renato volta timidamente a realizar a marcação alta, no campo de defesa do adversário onde os atacante pressionam a saída de bola. Passa a apostar nas jogadas individuais, visto que Michael vem se destacando no time, assim como Andreas Pereira. A aposta por chutes de longa distância são uma opção válida para evitar o povoamento da intermediária com passes que não dão em lugar nenhum.

Mas mediante a tudo isso o Flamengo de Renato é perfeito, não! O treinador acertou alguns pontos, apostou nos jogadores individualmente, mas o time de Renato em alguns momentos parece perdido, como na vitória para o Atlético-MG. E ainda não sabemos ao certo se a questão do jogo aéreo defensivo foi totalmente solucionada.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Entretanto, em um jogo onde o Flamengo conseguir sufocar seu adversário tirando os espaços, o Rubro Negro carioca sempre levará vantagem. E essa pode ser uma aposta do Renato independente de seus adversários.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar