“Lukaku está cansado mentalmente”, afirma Tuchel

Lukaku em entrevista coletiva com a seleção da Bélgica
Segundo Tuchel, Lukaku pode estar com fadiga após jogar muitas partidas (Foto:Reprodução/Instagram)
publicidade

Após chegada por valor recorde no Chelsea, Romelu Lukaku se adaptou rápido ao time de Thomas Tuchel. Na Premier League, o atacante belga marcou três gols em sete jogos, passando 811 minutos em campo pelos blues de Londres.

Além de jogar pelo Chelsea, Lukaku tem temporada recheada pela seleção da Bélgica também. Sua seleção chegou até as quartas de finais da Euro 2020, onde disputou 5 partidas e esteve em campo por 444 minutos. Ele não tem descanso quando chegam as Datas FIFA. Desde que retornou ao Chelsea também participou em 3 partidas pela seleção e, segundo Tuchel, ele tem sido muito exigido.

publicidade
Lukaku em entrevista coletiva com a seleção da Bélgica
Segundo Tuchel, Lukaku pode estar com fadiga após jogar muitas partidas (Foto:Reprodução/Instagram)

“Ele é um atleta fantástico e um cara muito competitivo. Ele luta até o fim e quer sempre ganhar. Eu sei que ele queria ter um final positivo na Eurocopa e Nations League com a Bélgica. Eu acho que ele está um pouco cansado mentalmente. Na minha opinião, é difícil julgar se ele precisa de uma pausa ou se é melhor manter ele dentro de campo”, afirmou o treinador.

Para o treinador, o balanço entre as partidas por suas seleções e pelos clubes podem pesar com a quantidade de jogos e minutos que os jogadores estão em campo.

publicidade

“Eles carregam muita responsabilidade por suas seleções. E eles amam, são competidores. Mas se você jogar mil partidas por ano, pode ficar pesado”, disse.

Como campeões da Champions League, o Chelsea ainda disputa o Mundial de Clubes em janeiro. Ao todo, os blues disputam seis competições nessa temporada. Além das mencionadas, eles ainda participam da Premier League, Copa da Liga Inglesa, Super Copa da UEFA e FA Cup. Somando, são seis competições que o Chelsea disputou ou ainda participa nessa temporada.

publicidade

“Em janeiro e fevereiro teremos outras competições, Mundial de Clubes  e a FA cup para jogar e as coisas podem ficar mais difíceis do que deveriam ser. Sem esquecer que estamos falando da Premier League, a liga mais difícil do mundo. Não tem nenhuma vergonha em ter uma partida apertada contra o Brentford e precisar de um gol no último minuto contra o Southampton.”,

Leia mais: “Cristiano Ronaldo nem está entre os 5 melhores da história”, afirma ex-Real Madrid

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

 

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Igor Alcoforado Fonsêca- Editor e Redator para o Guia do Boleiro
Igor Fonseca25 anos; Jornalista; Viciado em futebol e games; Passei por Torcedorescom e Vavel Brasil.
Veja mais ›
Fechar