Athlético-PR um gigante pouco lembrado

Athlético-PR um gigante pouco lembrado
Athlético-PR um gigante pouco lembrado (Divulgação/Super Esportes)
publicidade

Nas Semifinais da Copa do Brasil e a caminho de mais uma final de copa Sul-Americana, o Athlético-PR é pouco lembrado como um gigante do Futebol.

Após a vitória por 2 a 1 no Uruguai o Athlético-PR encaminhou sua vaga para a decisão da Copa Sul-Americana. Na Copa do Brasil após vencer o Santos nos dois jogos irá disputar as semifinais contra o Flamengo. Entretanto, por algumas vezes o clube não merece a devida atenção da grande mídia.

publicidade

Vale lembrar que estamos falando de uma equipe que foi Campeã Brasileira, finalista da Libertadores, campeã da Copa Sul-Americana e Copa do Brasil. O Athlético tem em sua galeria de troféus títulos invejáveis, alguns que muitas equipes jamais conseguiram. Entretanto, eles não são muito lembrados.

Athlético-PR X Adversários

Athlético-PR na conquista do seu título Brasileiro
Athlético-PR na conquista do seu título Brasileiro (Divulgação/Globo Esporte)
publicidade

O Athlético começou sua epopeia vencedora no início dos anos 2000, quando foi campeão Brasileiro em 2001, batendo o São Caetano na final naquela edição do Brasileirão. Em 2004 também conseguiu o vice-campeonato na segunda edição do Campeonato Brasileiro, em uma disputa acirrada com o Santos.

Em 2005 o Athlético-PR chegou a sua decisão mais importante da história. A decisão da Libertadores da América até hoje é mais lembrada pelo Tricampeonato do São Paulo. Em uma campanha onde conseguiu eliminar o Cerro Porteño, Santos e Chivas, mas perdeu a final para o São Paulo.

publicidade

Em 2013, o Furacão chegou a final da Copa do Brasil, batendo Palmeiras, Internacional e Grêmio. Entretanto na Final perdeu para o Flamengo em uma de suas maiores conquistas naquele período.

Em 2018 o Furacão conquista seu maior título que é a Copa Sul-Americana e em 2019 conquista a Copa do Brasil. Mas porque será que as conquistas do Athlético-PR são bem menos lembradas do que outros clubes?

publicidade

Vale destacar que o Athlético de certa forma conta com um pouco de má sorte. Isso porque falando com relação ao vice-campeonato da Libertadores de 2005. Nesta edição o São Paulo voltava a uma final  depois de 12 anos, do seu último título. Isso acabou ofuscando o feito do então emergente furacão, assim como no ano anterior a conquista do Santos no auge dos “Meninos da Vila”.

Tal como em 2013, o Flamengo enfrentava uma crise que talvez foi fundamental para que pudesse se reerguer. O título acidental e na raça tomou uma proporção muito maior.

publicidade

Apesar de 2018, ser um título mais celebrado, e até hoje mais lembrado. Em 2019, a conquista da Copa do Brasil foi ofuscada pelo incrível ano do Flamengo de Jorge Jesus.

Conclusão

O Athlético-PR é uma equipe que sofre um pouco da falta de sorte e de certa forma do bom senso do eixo Rio-São Paulo. Afinal o São Caetano, teve seus êxitos exaltados no início dos anos 2000, assim como o Inter e o Grêmio (apesar de ambos fazerem parte do Clube dos 13).

publicidade

O que acontece com o Athlético de certa forma aconteceu o mesmo com o Vitória em 2010, o Coritiba em 2011 e 2012. Casos de clubes de fora que tiveram boas conquistas (mesmo sendo vices), mas que foram pouco lembrados.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

E esse ano caso avance para a final o Furacão corre novo risco de ter sua final ofuscada pela final da Libertadores entre Flamengo X Palmeiras.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

 

João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar