Qual a história do Barcelona de Guayaquil na Libertadores?

Barcelona de Guayaquil na Libertadores
Divulgação/GE
publicidade

O Barcelona de Guayaquil acabou com a expectativa de brasileiros serem soberanos nas semifinais da Libertadores da América

O Barcelona de Guayaquil garantiu a vaga para as semifinais após empatar com o Fluminense em 2 a 2 no Rio de Janeiro e 1 a 1 no Equador, como o gol fora de casa é critério de desempate o Barcelona levou a melhor. E irá disputar uma vaga na final contra o Flamengo.

publicidade

Na primeira fase o Barcelona conseguiu se classificar em primeiro do Grupo com quatro vitórias, um empate e uma derrota, e sendo responsável pelo atual vice-campeão da Competição. Nas Oitavas de final passou pelo Velez Sarsfield perdendo o primeiro jogo por 1 a 0 na Argentina, e vencendo o jogo de volta por 3 a 1. E nas quartas de final passou pelo Fluminense após dois empates.

Com esses resultados o Barcelona pode ser visto como o azarão e uma presa fácil para o Flamengo nas semifinais. Mas esta não é a primeira vez do Barcelona em uma semifinal, o clube tem uma longa história da Libertadores, chegando duas vezes a final da competição.

publicidade

O Barcelona de Guayaquil na Libertadores

O Barcelona-EQU já participou por 24 vezes da Libertadores e por 9 vezes foi finalista. O Barcelona é uma equipe com uma certa tradição na competição apesar de não ter se sagrado campeão. Ao todo o Clube participou de 2 finais em 1990 e 1998, e outras 7 semifinais.

Em 1990 perdeu o título o Olimpia, perdendo o jogo de ida por 2 a 0 e empatando o jogo de volta por 1 a 1. No caminho até a decisão, na fase de grupos avançou com dificuldades, apenas tendo a classificação apenas na partida de desempate contra o Oriente Petrolero. Na fase mata-mata passou por equipes como Progresso-URU seu rival Emelec-EQU e River Plate-ARG, vencendo sempre com placares apertados e o River nos pênaltis.

publicidade

Em 1998 foi novamente finalista perdendo a final para o Vasco por 2 a 0 no jogo de ida no Rio de Janeiro, e 2 a 1 no jogo de volta no Equador. No mata-mata novamente passou com placares apertados por Colo Colo, Bolívar, conseguiu fazer 5 a 1 no agregado, sendo 4 a 0 em casa e 1 a 1 no jogo de volta, mas nas semifinais novamente se classificou nos pênaltis para a final.

Neste novo formato da Libertadores disputado desde 1988 em mata-mata em todas as vezes que chegou as semifinais, o Barcelona foi eliminado por um brasileiro. Em 1992 foi eliminado pelo São Paulo em 2017 foi eliminado pelo Grêmio, outro fato curioso é o fato de que todos os Brasileiros que passaram pelo Barcelona nas semifinais foram campeões da América.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

O Próximo brasileiro pelo caminho do Barcelona será o Flamengo no dia 22 de setembro. O Rubro Negro Carioca vem embalado pelas boas vitórias sob Defensia y Justicia-ARG e Olimpia-PAR e vem com tudo para brigar pelo tricampeonato.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar