Copa do Mundo de 1966: 55 anos da única conquista da Inglaterra

publicidade

Neste dia 30 de julho completa 55 anos da Copa do Mundo de 1966, que rendeu uma das finais mais polêmicas de todos os tempos

A Copa do Mundo de 1966, para muitos foi a Copa do Mundo das zebras, isso porque tivemos seleções com Coreia do Norte e Portugal avançando e favoritos como Brasil e Itália ficando na primeira fase. Além das zebras já citadas tivemos também a seleção da União Soviética que já havia sido medalha de Ouro em 1956 e Campeã da Eurocopa em 1960, mas nunca havia avançado na Copa do Mundo.

publicidade
55 anos da Copa do Mundo de 1966 a única conquista da Inglaterra
55 anos da Copa do Mundo de 1966 a única conquista da Inglaterra (Imagem do Google)

E não podemos deixar de destacar os donos da casa, a Inglaterra era uma seleção que dividia opiniões na época. Ela apenas passou a disputar a Copa do Mundo a partir dos anos 50. Nos anos 30 ela era tido como uma potência, mas não quis disputar as três primeiras edições do torneio. E no início do século XX havia sido tricampeã olímpica, mas nos anos 60 a história era outra.

publicidade

A Inglaterra havia não se classificou para as duas primeiras edições da Eurocopa e na Copa do Mundo não passou das quartas de final. Isso tudo fez com que os ingleses tivessem um status como os inventores do futebol, mas não títulos. E quase ninguém os colocavam como favorito, que naquela edição era o Brasil que disputava o tricampeonato.

Na Copa do Mundo de 1966

Na Copa a Inglaterra simplesmente ficou no grupo com Uruguai, México e França. Na estreia a Inglaterra empatou contra o Uruguai em 0 a 0, depois venceu tanto México e França por 2 a 0. A Inglaterra se classificou em primeiro do grupo.

publicidade

Nas quartas de final a Inglaterra enfrentou a Argentina, em um jogo disputado com uma paralisação de dez minutos. Devido à expulsão do meia argentino Antonio Rattín, naquele tempo não haviam cartões amarelos ou vermelho, o arbitro apenas apontava com a mão. Como um não entendia o outro a expulsão foi muito contestada gerando uma paralisação muito longa. A Inglaterra venceu o jogo por 1 a 0, há quem diga que após o incidente a Argentina não conseguia entrar no jogo.

Leia mais: As 3 maiores zebras da Copa do Mundo – parte 1

publicidade

Nas semifinais contra Portugal o Duelo entre os gigante Bobby Charlton e Eusébio. O Inglês levou a melhor e a seleção da Inglaterra para a final. Com dois gols de Charlton para a Inglaterra e um de Eusébio para Portugal, a Inglaterra avança para a final.

Na final contra a Alemanha, o jogo foi bastante disputada, com a Inglaterra vencendo o jogo por 2 a 1 até os 44 do segundo tempo quando Weber marca para a Alemanha e empata o jogo. Na prorrogação aos onze minutos do primeiro tempo Hurst marca o polêmico gol que até hoje divide opiniões, e aos 15 minutos do segundo tempo da prorrogação Hurst marca mais uma vez garantindo o título mundial ao Brasil.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Essa seleção ainda conquistaria o terceiro lugar na Euro de 1968. Mas até o ano de 2021 quando foi vice da Eurocopa a Inglaterra nunca havia chegado a uma final. Parando duas vezes nas semifinais e no quarto lugar das Copas do Mundo de 1990 e 2018.

O que você achou? Siga @guiadoboleirooficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

João Gabriel
João GabrielFormado em Letras: Português e Inglês, é um amante do futebol de todos os cantos do globo e vem se dedicando a expor sua paixão pelo futebol como redator especialista do Guia do Boleiro.
Veja mais ›
Fechar