Palmeiras anuncia acordo com Puma, e marca volta a vestir um time brasileiro

0
169

O Palmeiras anunciou nesta quinta-feira que a Puma é sua nova fornecedora de uniformes, assim como os noticiários já vinham adiantando há algumas semanas. Com o anúncio, a Adidas interrompe sua parceria de 12 anos com o time palmeirense e fica com o São Paulo entre os grandes do estado de SP.[[imagem47083]]

A Adidas, no entanto, fica responsável pelos uniformes do Palmeiras até o final deste ano, e a Puma inicia o vínculo com o Palmeiras a partir de janeiro de 2019, ou seja, provavelmente a marca terá um uniforme provisório com o time alviverde até o meio do ano, quando as marcas geralmente lançam as camisas de acordo com o período da temporada europeia, que começa no meio do ano.

Apesar de não ter acontecido uma divulgação dos valores, a Puma, que vai ficar com o Palmeiras até 2021, veio com a melhor oferta entre as concorrentes a vestir o Verdão, vencendo a Adidas e a Topper nas disputas. [[imagem47084]]

O Palmeiras recebe atualmente da Adidas um valor de R$ 20 milhões por ano, e informações dão conta de que o valor subiu para R$ 25 mi com o acordo da Puma.

Além de um valor anual maior, a Puma ainda dará um valor de royalties maior por venda de cada produto licenciado do Palmeiras. Outro fator que joga a favor da parceria é que o Palmeiras, por enquanto, tem uma exclusividade como único time brasileiro a ter uniformes da Puma.

Vale lembrar também que no ano passado, a DryWorld, antes de virar uma decepção para vários clubes parceiros, chegou com uma oferta arrebatadora para vestir o Fluminense, e o clube carioca acabou desistindo da renovação com a Adidas, que não conseguiu igualar os valores.