Nike lança chuteira What The Mercurial para celebrar 20 anos do modelo

0

A Nike apresentou nesta quinta-feira a chuteira What The Mercurial para celebrar 20 anos do modelo de velocidade da marca, utilizado por Cristiano Ronaldo e Neymar, entre outros jogadores. A data de lançamento oficial ocorre no dia 12 de março, quando serão colocados à venda 1998 unidades em edição limitada distribuídas globalmente. No Brasil, ela chega no dia 12 de março no site nike.com.br e terá 12 unidades à venda para o consumidor.

A chuteira What The Mercurial especial de 20 anos chega num modelo todo preto e na versão Mercurial 360 (a versão mais nova do modelo). O mais curioso do lançamento, no entanto, fica pela presença muito sutil do símbolo da Nike (o swoosh) no cabedal da Mercurial, com certeza uma intervenção muito rara da empresa de Oregon. Ela está no local convencional do símbolo, mas apenas presente num degradê mais brilhante.

O modelo apresentado leva o nome completo de Nike Mercurial Superfly 6 What (modelo cano alto) e é inspirado pela icônica chuteira What The Mercurial de 2016, um modelo todo colorido e que misturava o design de todas as chuteiras ao longo dos 18 anos da Mercurial naquela época.

Para marcar a conexão da What The Mercurial 20 anos com a Mercurial 360, o modelo traz a letra M> estilizada, como foi o logo promovido pela Nike não só no lançamento da Mercurial 360, mas também em camisas personalizadas do PSG para Neymar e Mbappé. A apresentação do novo produto contou com o apoio de Ronaldo Fenômeno, que usou a primeira Mercurial há 20 anos e deu uma presença marcante do modelo no cenário mundial. 

Esse M> estilizado se encontra no fecho frontal do cano alto (o Dynamic Collar), na palmilha da chuteira e no próprio interior da caixa especial. A What the Mercurial 360 ainda é embalada em uma caixa especial com uma sacola personalizada. Vinte pares do modelo estarão disponíveis na NikeLab Milão, local de mostra do desenvolvimento dos produtos da marca.

Características técnicas segundo a Nike:

– Os fios de Flyknit da Mercurial 360 têm a capacidade de ser moldados em uma variedade de texturas e formas.
– Isso permitiu aos designers criarem um gráfico 2D incorporando ícones da linha Mercurial e traduzi-lo para um elemento 3D do design da chuteira.
– O design 3D é criado por um molde que aquece e pressiona o desenho na malha da Mercurial 360.
– Esse processo permitiu marcas distintas de edições antigas da chuteira e a celebração de elementos icônicos de sua história, tudo isso sem comprometer o DNA da Mercurial.