Após saída de Under Armour, Kappa, Topper e Penalty largam na frente para vestir São Paulo

0

Mesmo que não tenha sido anunciado oficialmente, a Under Armour não é mais a fornecedora de uniformes do São Paulo, como afirmou o jornal Estado de São Paulo. Agora, de acordo com o Blog de Primeira, do portal UOL, Kappa, Topper e Penalty já enviaram propostas para vestir o Tricolor Paulista.

Ainda de acordo com o portal, a diretoria do São Paulo ainda aguarda uma proposta da Umbro e, até hoje, Nike e Adidas não enviaram uma oferta formal.

“Queremos encaminhar até o fim do ano um novo fornecedor de material esportivo. Estamos recebendo propostas e já conversamos com as principais empresas de material esportivo que estão no mercado. O que se procura hoje é um fornecedor que também participe ativamente da busca até de patrocínios, além de fornecer o uniforme, ativar algo diferente. Aqui, isso não aconteceu. Tínhamos uma loja aqui (no Morumbi), mas não está aberta”, afirmou o Diretor de Leco, Elias Barquete.

Desde setembro, já havia sido noticiado que a Under Armour gostaria de renegociar os valores pagos ao São Paulo, pois estaria com dificuldades de cumprir o acordo com o time paulista. A marca disse que estaria com dificuldades durante o período de crise no País e estaria alegando que o momento do Brasil em 2014 (Copa do Mundo, entre outros aspectos) foi decisivo para o acerto dos valores.

De qualquer forma, mesmo querendo fechar o quanto antes seu novo fornecedor, o São Paulo tem o direito de utilizar os uniformes da Under Armour até o meio do ano.

Histórico das marcas favoritas com o São Paulo

A Penalty tem um passado bem recente com o São Paulo e teve um encerramento parecido com o da Under Armour, em que basicamente não conseguiu cumprir o pagamento dos valores, incluindo até problemas de fornecimento de uniformes para as lojas.

Já a Topper vestiu o São Paulo em um período da década de 2000, incluindo a camisa do tricolor quando o time foi campeão mundial de clubes em 2005 com um time com Lugano, Rogério Ceni e Aloísio Chulapa, entre outros.