A história da chuteira Adidas Predator. Conheça a evolução, cada modelo e os garotos-propaganda de seus 20 anos

0

A Adidas relançou a chuteira Predator Mania nesta semana com uma ativação pelo jogador mais importante na história da marca alemã e o maior garoto-propaganda desse modelo de travas, o inglês David Beckham. Aproveitamos para trazer aos leitores a história completa dos 20 anos da Adidas Predator, criada em 1994 e aposentada em 2014, mas que ganhou nova vida nesta ano de 2017.[[imagem42008]]

Vamos trazer todos os modelos na linha histórica da chuteira (veja linha do tempo na galeria abaixo), os jogadores que a utilizaram, a mente por trás da criação do modelo e muitas outras curiosidades sobre uma das chuteiras mais importantes no futebol: a Adidas Predator.

[[imagem42010]]O nome Craig Peter Johnston é lembrado nos dias de hoje por dois fatos muito importantes na história do futebol: o volante foi o primeiro jogador australiano a fazer sucesso no futebol europeu (principalmente no Liverpool) e, ao se aposentar, entregou-se ao trabalho de comandar projetos de desenvolvimento de novas tecnologias em equipamentos de futebol. Entre elas, Craig Peter foi um dos idealizadores da chuteira Adidas Predator.[[imagem42012]]

Quando a chuteira foi lançada em 1994, ela quebrava todos os paradigmas da época e trazia um modelo com vários materiais diferentes no cabedal ao invés das consagradas chuteiras de couro, que eram a enorme maioria na época. A chuteira chegou também com uma campanha de marketing bombástica, com a promessa de chutes com mais curva e com o fortíssimo slogan: “100% legal, 0% fair” (100% legal. 0% justa), o que já atiçava o imaginário sobre o que a chuteira poderia trazer.

[[imagem42013]]Na época, um dos jogadores escolhidos pela Adidas para brilhar com o modelo foi o meia-atacante inglês Paul Gasgoigne, que na época jogava pela Lazio. Dois anos depois, no entanto, foi nos pés de outro inglês que a Adidas Predator começaria a ser eternamente lembrada: David Beckham. O modo como o atleta pegava na bola, principalmente nas cobranças de falta, o belo rosto de um típico modelo fotográfico e o carisma natural do meia fizeram com que a chuteira ganhasse gigantesca projeção e ficasse como número 1 no desejo de compras do boleiro.[[video42030]]

Até na aposentadoria de Beckham – que aconteceu no Paris Saint-Germain -, a Adidas fez uma chuteira personalizada com as cores da Inglaterra e os nomes de seus filhos. Vale lembrar, no entanto, que a Adidas Predator também fez sua fama nos pés de atletas como Zidane (especialmente quando ele vestia o modelo na final da Copa de 98, vencida sobre o Brasil), Del Piero e Raul, entre outros. [[galeria]]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here