América lança 4 camisas históricas para celebrar centenário

0

A Nike lançou uma série de quatro camisas históricas na trajetória do Club América, chamada Coleção Lendária, para celebrar os 100 anos de existência da equipe mexicana. Cada um desses mantos não relembra apenas um capítulo especial na história do time, mas honra também um jogador histórico que utilizou esse uniforme.

A Nike abdicou de estampar sua marca no peito de três das quatro camisas; e, o que pode parecer de princípio uma supressão da marca, na verdade valoriza a empresa esportiva junto aos torcedores que compram um artigo raro e acabam reconhecendo esse feito da Nike. No ano passado, pudemos notar vários projetos de design de camisas sem o símbolo de uma marca no peito, e isso realmente dá um efeito sensacional no manto, que acaba estampando apenas o mais importante: o símbolo do clube.

Todas as camisas seguem a tradição das principais cores do América, o amarelo e o azul. Cada uma delas pode ser comprada no site do time mexicano ou no site da Nike no país ao preço de 25 euros cada. Veja abaixo a história de cada uma das camisas:

Camisa de 1966:
Ela é azul com um colarinho amarelo, assim como a usada por Arlindo dos Santos, quando ele marcou o primeiro gol da história do Estádio Azteca [[imagem39478]]

1976:
A segunda camisa é inspirada pela camisa 1976 Club América e homenageia Cristobal Ortega, que é o jogador com mais jogos na história do clube [[imagem39479]]

1978
A terceira camisa honra Carlos Reinoso e é inspirado no manto usado por ele quando marcou contra o Boca Juniors na Copa Interamericana em 1978 [[imagem39480]]

1984
O último manto é dedicado a Alfredo Tena , um dos melhores jogadores de defesa na história do Club América. Baseia-se na camisa de 1984.[[imagem39481]]