No Dia das Mulheres, seleção feminina do Afeganistão ganha primeiro uniforme feito especialmente para muçulmanas

0

Pela primeira vez na história, a seleção feminina de futebol do Afeganistão ganhou um uniforme que busca aliar a performance esportiva às tradições do país. Lançada nesta terça-feira – não à toa no Dia Internacional da Mulher -, a nova camisa da equipe tem a opção de integrar uma hijab, a vestimenta usada pelas mulheres muçulmanas para cobrirem o corpo dos pés à cabeça.

LOJA GUIA DO BOLEIRO: gb lança loja com camisetas exclusivas e temáticas

Sem entrar na discussão da obrigatoriedade religiosa de usar essas roupas, o fato é que sempre foi muito difícil para as mulheres muçulmanas jogarem futebol, já que elas precisavam usar alternativas como calças, camisas de manga longa e capuzes que atrapalhavam o desempenho em campo. Por isso, é preciso valorizar a atenção dedicada pela Hummel à criação do novo produto.

[[imagem35690]]

Segundo o dono da marca dinamarquesa, Christian Stadil, a ação é mais um passo da missão da empresa de "mudar o mundo através do esporte". "Não patrocinamos os maiores times do mundo, mas fazemos parcerias com times e clubes que têm uma história pra contar, como o Afeganistão. Tentamos atender às necessidades atuais das pessoas e agora uma delas é ajudar as mulheres a jogarem futebol com ou sem jihab", explica.

> Memphis Depay ganha chuteira florida para homenagear o Dia das Mães

Para criar o novo uniforme, a Hummel e a federação afegã contaram com a ajuda de Khalida Popal, ex-capitã da seleção afegã, que precisou encerrar a carreira cedo por conta de uma lesão no joelho, mas continua sendo considerada uma figura de empoderamento das mulheres em seu país. "Estive envolvida nas consultas sobre o design da camisa desde o início. Eu queria algo que refletisse a força do caráter afegão e incorporasse o melhor das tradições do país. Acredito que essa camisa alcançou ambos os objetos", declarou a ex-jogadora.

[[imagem35692]]

[[imagem35693]]

[[imagem35694]]

[[imagem35695]]

De fato, além de criar um produto significativo, a Hummel não deixou de lado o capricho estético. A nova camisa do Afeganistão traz uma série de belos detalhes inspirados na precisão criativa dos artesãos do país, especializados em artes como caligrafia, criação de joias e escultura em madeira. Alguns desses detalhes são o leão em marca d`água na frente e nas costas da camisa e o padrão das barras das mangas e cintura.

Camisa da seleção brasileira para 2016 tem suposto design vazado por site

Idênticas em relação ao template, as camisas titular e reserva têm como cores predominantes, respectivamente, o vermelho e o branco. Ambas ainda trazem o escudo da federação com efeito 3D e, nas costas, a inscrição "1922", em referência ao ano de fundação da entidade. "É um design do qual a Hummel está extremamente orgulhosa", afirma o designer da marca, Paul Fitzgerald.

[[imagem35696]]

[[imagem35697]]

Além da versão feminina com hijab, os uniformes também foram lançados em versão feminina regular e em versão masculina. E para reforçar seu compromisso com o desenvolvimento do esporte feminino no país, a Hummel prometeu doar para a seleção feminina do Afeganistão 15 euros a cada peça vendida.

Siga o Guia do Boleiro no Twitter e no Instagram.