Barcelona deve renovar com a Nike por 100 milhões de euros ao ano, diz jornal

0

[[imagem35606]]

O atual contrato de patrocínio e fornecimento de material esportivo do Barcelona com a Nike vai até o final da temporada 2017-2018, mas o clube catalão já negocia uma renovação com a marca norte-americana que deverá ter valores recorde. Segundo o jornal espanhol AS, o novo acordo poderá chegar a 100 milhões de euros por ano, o equivalente a R$ 425 milhões.

LOJA GUIA DO BOLEIRO: gb lança loja com camisetas exclusivas e temáticas

Atualmente, o Barça recebe da Nike 35 milhões de euros por ano e mais cerca de 20 milhões referentes a participação na venda de produtos com sua marca em todo o mundo. No novo contrato, apenas o valor fixo de patrocínio seria de 85 milhões, podendo chegar a 100 com alguns bônus por metas alcançadas, como a classificação para torneios importantes e títulos nas competições disputadas.

[[imagem35607]]

Iniciada em 1998, a parceria entre Barcelona e Nike pagou 12 milhões de euros por ano durante dez temporadas. Após a primeira renovação, subiu para 30 milhões por ano até 2013. E depois da segunda renovação, chegou aos atuais 35 milhões. Ainda segundo o AS, o novo acordo, que passaria a valer a partir de julho de 2018, deve ser confirmado até o final da atual temporada.

Conheça como deve ser a 5ª geração da chuteira Nike Mercurial

Caso os valores sejam confirmados, o Barça ficará perto de triplicar sua receita com o patrocínio da camisa, uma meta que o presidente Josep María Bartomeu nunca fez questão de esconder. Embora as negociações já estejam adiantadas, faltam alguns detalhes para que a renovação seja fechada, tais como: a duração do novo contrato; a definição exata dos bônus por metas cumpridas; e a administração da loja oficial do clube no estádio Camp Nou.

[[imagem35608]]

Embora o atual contrato ainda esteja longe do fim, o Barcelona já vem pressionando a Nike por um aumento há algum tempo, já que outros gigantes do futebol mundial recentemente assinaram novos contratos com valores muito maiores que o seu atual contrato com a marca norte-americana.

Primeiro gol de Messi pela seleção da Argentina completa dez anos

Hoje, o recordista é o Manchester United, que recebe anualmente da Adidas 75 milhões de libras, o equivalente a 97 milhões de euros. Em segundo aparece o Bayern, que recebe 60 milhões de euros por ano também da marca alemã. Para completar, o jornal Marca especulou recentemente que o rival Real Madrid estaria perto de renovar com a Adidas por quase 140 milhões de euros, incluindo os bônus variáveis.

Siga o Guia do Boleiro no Twitter e no Instagram.