Leitor gb | Veja ilustrações artísticas dos craques da Libertadores 2016

0
48

A grande maioria de trabalhos que nos é enviada no leitor gb, nossa seção em que abrimos espaço para nossos seguidores mostrarem seus trabalhos de design, aborda camisas de futebol. Desta vez, no entanto, mostramos o trabalho de Matheus Vello Vitorelli, que fez uma bela coleção com pôsteres do que elegeu como os craques da Copa Libertadores edição 2016.

Umbro lança coleção de oito chuteiras apenas com modelos pretos

Matheus Vello Vitorelli dividiu seus 11 destaques da competição pelos grupos aos quais seus respectivos clubes estão divididos da Libertadores e colocou uma pequena descrição sobre o jogador. Confira.

"A Copa Libertadores da América de 2016 promete ser uma da mais equilibradas e emocionantes dos últimos anos e por isso apontei meus favoritos a craques da competição por onze clubes.

GRUPO A: River Plate, São Paulo, Trujillanos e The Strongest

[[imagem35556]] Lucas Alario, Centroavante do River Plate

Para ser destaque de uma Libertadores não é preciso ser um gênio. O mais importante é ter estrela e isso o camisa treze dos Millonarios mostrou que tem de sobra na temporada passada, a corrida pelo bicampeonato já tem um candidato a herói no RÍver.

[[imagem35567]]Thiago Mendes, Volante do São Paulo

O maior campeão brasileiro da Libertadores passou por muitas instabilidades e incertezas no ano passado mas o médio volante parecia não se afetar e se destacou muito no meio campo tricolor, fato que se repete nessa temporada. Com boa marcação e um chute poderoso de longa distância, Thiago Mendes É peça fundamental no São Paulo.

GRUPO B: Nacional, Palmeiras, River-URU e Rosário Central

[[imagem35564]] Fernando Prass, Goleiro do Palmeiras

Após 28 contratações esperava-se que o Palmeiras tivesse um artilheiro ou um camisa 10 como protagonista, mas o que se viu foi o goleiro sendo o jogador do ano, É fato que alguns nomes se destacaram mas nenhum foi determinante como o camisa 1, principalmente em disputas de pênaltis, fator que pode ser decisivo na Libertadores, o Palmeiras inclusive conquistou seu único título nos pênaltis.

GRUPO C: Boca Juniors, Bolivar, Deportivo Cali e Racing

[[imagem35566]] Carlos Tévez, Atacante do Boca Juniors

No futebol atual, amor a camisa É raro, mas Carlitos mostrou que ainda existe e após duas temporadas de altÍssimo nÍvel pela Juventus com direito a vice-campeonato da Champions League, retornou ao clube do coração para disputar novamente a Copa Libertadores de 2015, marcada por uma eliminação polêmica frente ao rival, River Plate. Mesmo assim, a moral É muito alta após o tÍtulo da Liga e da Copa da Argentina.

[[imagem35565]] Harold Preciado, Atacante do Deportivo Cali

Veloz, driblador e bom finalizador, essa seria a combinação perfeita de um atacante e o colombiano Preciado promete infernizar as defesas atuando pelo Deportivo Cali e num grupo complicado, o Deportivo precisará e muito do atacante para se classificar.

[[imagem35558]] Gustavo Bou, Centroavante do Racing

Após ser especulado em vários clubes do Brasil e da Europa, o atacante criado na base do River Plate, renovou com o Racing e continua mostrando que vai novamente em busca da chuteira de ouro da Libertadores, começou marcando um gol em cada jogo da Pré-Libertadores e foi fundamental na classificação para a fase de grupos batendo o Puebla do México.

Grupo D: Atlético Nacional, Peñarol, Huracán e Sporting Cristal

[[imagem35561]] Victor Ibarbo, Centroavante do Atlético Nacional

Tratado como uma das principais revelações da atual geração colombiana, Ibarbo saiu jovem do seu país natal rumo a Itália onde teve uma boa passagem pelo Cagliaria mas ficou por ai e mesmo após oportunidades na Roma e Watford, não brilhou e volta pra casa com status de estrela para ser o homem gol do time que o revelou.

[[imagem35560]] Diego Forlán, Atacante do PeÑarol

Em fase final de carreira, um dos maiores jogadores uruguaios dos últimos tempos, Dieguito retornou em 2015 ao PeÑarol, clube que defendeu no começo dos anos noventa e que também carrega um forte laço com a família Forlán, já que seu pai, Pablo, É uma lenda do clube. Após passagens apagadas por Inter de Milão, Internacional de Porto Alegre e Cerezo Ozaka do Japão, ele tentará reencontrar o bom futebol para encerrar a carreira com um título da Libertadores pelos Carboneros.

Grupo E: Atlético Mineiro, Colo-Colo, Melgar e Guarani/Independiente Del Vale

[[imagem35563]]Luan, Meia do Atlético Mineiro

Destaque do Galo desde 2013, o atacante É peça chave no elenco que busca novamente a glória na competição já que em seu ano de estreia pelo clube, ajudou a conquistar o título inédito. Muito identificado com a torcida, Luan se considera mais um torcedor dentro de campo.

Grupo F: San Lorenzo, GrÍmio, LDU e Toluca

[[imagem35562]] Luan, Meia do GrÍmio

Revelação do último Campeonato Brasileiro, o jogador recusou as investidas chinesas e europeias para manter-se no tricolor e jogar a maior competição das américas. Após ser sorteado em um grupo muito complicado, Luan precisará dar sequência ao futebol da temporada passada para ajudar o clube gaúcho a quebrar o jejum de tÍtulos e de quebra conquistar a terceira taça da Libertadores.

[[imagem35557]] Sebastián Blanco, Meia do San Lorenzo

Cobiçado pelo Corinthians e com passagens pelo futebol europeu, o baixinho de 1,68 e bons passes, terá uma árdua tarefa para tentar surpreender novamente e conquistar pela primeira vez o torneio, já que em 2014, quando o CiclÓn foi campeão ele ainda não fazia parte do elenco.

Grupo H: Corinthians, Cobresal, Cerro Porteño e Santa FÉ/Oriente Petrolero

[[imagem35559]] Elias, Volante do Corinthians

Se a maioria não conseguiu, ele resistiu a tentação dos altos salários asiáticos para ficar no Corinthians, apesar de deixar em aberto o futuro para o segundo semestre, o volante espera que o fantasma da eliminação da última temporada tenha ficado pra trás e vai com tudo para conquistar seu primeiro título da Libertadores, já que em 2012, ele só pôde ver a comemoração pela TV."

Siga o Guia do Boleiro no Twitter e no Instagram.