Adidas se confunde e manda luvas de Petr Cech, do Arsenal, para o antigo clube do goleiro, o Chelsea

0

Os funcionários responsáveis pelas correspondências do Chelsea tiveram uma surpresa insólita esta semana. Por uma confusão da Adidas, as luvas do goleiro Petr Cech, que atualmente defende o Arsenal, foram enviadas para o centro de treinamentos de seu antigo clube. Coincidentemente, o pacote surpresa chegou apenas alguns dias antes do clássico entre os dois times pela Premier League.

LOJA GUIA DO BOLEIRO: gb lança loja com camisetas exclusivas e temáticas

Embora os CTs dos dois clubes fiquem bem distantes (o do Chelsea, em Surrey, está a oeste de Londres e o do Arsenal, em Hertfordshire, no norte da cidade), um funcionário do Chelsea que conversou com o jornal Daily Mirror mostrou bom humor ao comentar o episódio.

> Petr Cech ganha luvas especiais da Adidas por recorde na Premier League

"Os fabricantes das luvas obviamente continuam pensando em Petr Cech como parte do patrimônio do Chelsea. É realmente estranho pensar nele em qualquer outro clube", afirmou a fonte que não teve o nome revelado. De qualquer maneira, o Chelsea providenciou o encaminhamento das luvas para o endereço certo.

[[imagem34845]]

Depois de 11 anos no Chelsea e da transferência para o rival no meio do ano passado, Cech segue fazendo história com a camisa do Arsenal aos 33 anos. Há cerca de um mês, ele bateu o recorde de goleiro com maior número de jogos sem sofrer gols na Premier League e, por essa façanha, recebeu da Adidas (dessa vez no endereço certo) um par de luvas comemorativas.

Adidas lança coleção de luvas de goleiro em homenagem a lendas da posição

O clássico que acontece no próximo domingo às 14h (horário de Brasília) no Emirates Stadium será o terceiro reencontro do goleiro checo com seu ex-time, sendo que ele venceu o duelo pela Supercopa da Inglaterra e perdeu no jogo pelo Campeonato Inglês. Vencedor da Premier League quatro vezes pelo Chelsea, o goleiro vem sendo um dos destaques do Arsenal, líder da atual temporada, e pode ajudar o time a sair de uma fila de 11 anos na competição.

Siga o Guia do Boleiro no Twitter e no Instagram.