Chuteira Puma EvoSpeed ganha atualização com maior durabilidade

0

Além da nova geração da chuteira EvoPower, a Puma apresentou a primeira edição da EvoSpeed para 2016. O grande destaque é a atualização da chuteira com uma nova camada de material sintético no cabedal, que aumentou um pouco o peso do produto, mas promete acabar com a polêmica durabilidade de apenas 10 jogos do modelo.

Designer cria coleção de chuteiras para os personagens de Star Wars

Lançada em junho, a chuteira Puma EvoSpeed SL é a mais leve do mundo produzida em série (a Adidas possui uma chuteira mais leve, mas feita em edição limitada), com apenas 103 gramas. No entanto, a marca foi muito criticada à época do lançamento pelo fato de o produto só durar 10 jogos. Agora, entra em cena o modelo SL-S, com 148 gramas e promessa de poder ser usado sem risco de desgaste rápido.

[[galeria]]

Apesar do "conserto", a EvoSpeed SL continuará sendo vendida com a mesma durabilidade limitada e recomendação para ser usada apenas em ocasiões especiais. Enquanto isso, os jogadores profissionais patrocinados pela Puma, como Sergio Agüero, Marco Reus, Antoine Griezmann e Marco Verratti, passarão a usar a SL-S tanto nos treinos como nos jogos.

Nike lança chuteira Tiempo feminina e completa coleção 2016 para mulheres

Tecnicamente, a principal diferença entre os dois modelos é que a chuteira SL tem o cabedal feixo com um tecido ultrafino, enquanto a SL-S tem uma camada sintética mais resistente. Além dos dois modelos, a EvoSpeed também tem uma terceira versão, mais pesada, com cabedal em couro.

Puma apresenta nova geração da chuteira evoPower 1.3 Camo

Esteticamente, todas as versões da chuteira são semelhantes, trazendo o amarelo fluorescente com cor principal, o azul nos logotipos da Puma e pequenos detalhes em branco e preto. Os modelos serão vendidos a partir do dia 2 de janeiro, com a versão SL custando US$ 250, a versão em couro US$ 240 e a SL-S por US$ 200. Ainda não há informações sobre a chegada dos produtos ao mercado brasileiro e os preços no país.