Suposta proposta da Dry World para vestir o Fluminense deve tirar a Adidas do clube após duas décadas

0

O mais longevo contrato de patrocínio e fornecimento de material esportivo do futebol brasileiro está muito próximo do fim. Depois de duas décadas vestindo o Fluminense, a Adidas deve deixar o clube em 2016, já que não cobrirá uma suposta proposta da marca canadense Dry World, que irá dobrar o valor pago ao clube carioca pelo patrocínio de camisa.

OFICIAL: Fluminense anuncia acordo com Dry World

Segundo especulações da imprensa carioca, a base da proposta da Dry World prevê um pagamento anual de R$ 13 milhões, podendo chegar até a R$ 20 milhões dependendo do volume de vendas de produtos e de bônus por títulos e outras metas conquistadas. Atualmente, o Flu recebe R$ 6 milhões anuais da Adidas.

[[imagem34225]]

O clube já teria inclusive passado essas bases à marca alemã, já que a Adidas tem preferência para manter o contrato caso esteja disposta a igualar os valores. A Adidas, no entanto, disse ao Guia do Boleiro ainda não ter recebido nenhuma notificação do Fluminense sobre o assunto. No entanto, o GB apurou que caso os valores sejam confirmados os alemães realmente não devem cobri-los.

Camisas do Juventude para 2016 são lançadas pela Kappa

Além de mais do que dobrar o pagamento em dinheiro ao Flu, a Dry World também incluiu em sua proposta fornecer ao longo do ano 50 mil peças de vestuário, 20 mil a mais do que a Adidas. E, para completar, a marca canadense também estaria disposta a bancar os R$ 3 milhões de multa referente à rescisão do contrato entre Fluminense e Adidas. O novo acordo deve ter duração de 5 anos.

Flamengo ganha linha casual de roupas femininas com "pegada artesanal"

Criada em 2010 e inicialmente focada no rugby, a Dry World hoje atua em 14 países e cria produtos para outras modalidades, como futebol americano, boxe e MMA. Aqui no Guia do Boleiro, já falamos sobre os canadenses em 2013, quando a marca lançou uma capa impermeabilizadora de chuteiras.

Também próxima de fechar com o Atlético-MG, a Dry World é mais uma grande novidade no futebol brasileiro. Em 2015, a Under Armour surgiu forte como novo personagem desse mercado e, em 2016, a Kappa também estará de volta ao país produzindo os uniformes do Santos. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here