Depois do acordo milionário Adidas-Bayern, Barcelona pressiona Nike novamente

0

Mais uma vez o Barcelona aproveitou um acordo de alto valor de patrocínio para pressionar a Nike. Agora, foi o presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, que aproveitou o acordo milionário que a Adidas fechou com o Bayern de Munique para pressionar a fornecedora do time espanhol, a Nike. O contrato prevê que a marca alemã pague 60 milhões de euros por ano ao Bayern, valor que só perde para o maior acordo até o momento: 75 milhões de libras que a empresa das três listras fechou com seu novo clube patrocinado Manchester United.

“Estou muito feliz com a Nike, mas… Quanto às camisas (de listras horizontais), ainda não posso falar nada até que seja oficial. Se eu gosto? Gosto de todas as camisas do Barcelona. No final de maio decidiremos. Como sempre será um lançamento de muita expectativa por aqui e no mundo inteiro”, afirmou o mandatário Josep Maria Bartomeu, em entrevista ao jornal espanhol Sport.

“Espero seguir com a Nike por muitos anos, apesar de que o contrato deve ser revisto porque está defasado. O futebol é muito rápido, e a Nike deve fazer uma proposta mais séria. O contrato acaba em três anos e arrecadamos 50 milhões (por temporada e em euros), mas não posso revelar mais informações. Agora tem que ser atualizado, com certeza", completou o presidente.

A declaração do presidente deixa claro que o Barcelona pretende que a Nike aumente os valores anuais pagos ao clube. Em fevereiro, foi a vez do vice-presidente Javier Faus declarar que a Nike teria que pagar mais ao Barcelona, dias depois de ser divulgado quanto a Adidas pagaria ao Manchester United.

O que pode ser interpretado das duas declarações com quase três meses de diferença de uma para outra é que, nesse meio tempo, a Nike pode ter aumentado o valor que paga ao Barcelona, já que em fevereiro a informação é de que a marca norte-americana pagava 35 mi de euros ao clube catalão. É uma coisa difícil de acontecer esse aumento de valores antes do término do contrato, mas pode realmente ter acontecido por se tratar do clube mais importante para a Nike atualmente.