Itália e Puma renovam contrato de patrocínio até 2025

0
125

A Federação Italiana de Futebol (FIGC, Federazione Italiana Giuco Calcio) e a Puma divulgaram nesta terça-feira a renovação de contrato de patrocínio por mais dez anos. Assim, a parceria que conquistou a Copa do Mundo em 2006 completará 22 anos e estará presente em pelo menos mais duas edições do Mundial, em 2018 na Rússia e 2022 no Catar.

Uma das mais tradicionais e vitoriosas seleções do planeta, a Itália passou a ter fornecimento de material da marca alemã em 2003, substituindo a Kappa. No novo contrato que estenderá o acordo por mais uma década, a Puma ampliou o alcance de seus direitos de marketing relacionados à FIGC, além, é claro, de manter a licença de produtos oficiais da entidade e o fornecimento de material esportivo para todos os seus times.

Brasileiro Éder Citadin Martins, da Sampdoria, é convocado pela Itália

Além disso, tanto a federação como a empresa prometem trabalhar em diversas outras frentes para aumentar o alcance e o potencial comercial da imagem da seleção italiana em nível global. Entra as ações previstas estão o incentivo ao desenvolvimento de categorias de base e do futebol feminino, o combate ao racismo e a internacionalização da marca.

[[galeria]]

"A extensão da parceria com a Puma representa um resultado muito importante para a FIGC. Ela vai beneficiar ambos reafirmando nossa marca em um nível internacional e, com isso, verá as duas organizações comprometidas em desenvolver projetos especiais. A FIGC definiu um plano de desenvolvimento de 360º que envolve desde a seleção principal até os times de jovens, o futebol feminino e projetos de responsabilidade social. A Puma será um parceiro de grande valor para alcançarmos esses objetivos e estamos orgulhosos de tê-los conosco por um longo tempo", afirmou o presidente da federação, Carlo Tavecchio.

Veja também: Itália lança novos uniformes de treino feitos pela Puma

"Estender essa longa parceria com a FIGC é extremamente importante para a Puma e um passo chave no nosso objetivo de ser a marca de esportes mais veloz do mundo. A FIGC com toda sua tradição e classe é um ingrediente fundamental no nosso portifólio futebolístico e há uma clara visão entre sua diretoria que nós compartilhamos e estamos entusiasmados em apoiar. Os próximos anos verão um profundo compromisso da Puma com a FIGC e vemos grandes oportunidades comerciais através de uma parceria que continua a crescer e ainda tem grande potencial", disse o CEO da Puma, Björn Gulden.