Mulher de Messi é criticada por furar fila em hospital de Barcelona

0

Grávida do segundo filho, Antonella Roccuzzo, esposa de Lionel Messi, se tornou protagonista de uma polêmica na Espanha nos últimos dias. Apesar de ser uma das mulheres de jogadores mais discretas da Europa, a argentina vem sendo muito criticada por supostamente ter usado o status do marido para receber atendimento preferencial em um hospital de Barcelona.

[[galeria]]

Segundo o portal Vanitatis, que revelou a história, Antonella chegou ao Hospital Universitario Quirón Dexeus às dez e meia da manhã do dia 13 de março, se encaminhou ao balcão de atendimento e disse: "Olá, sou a mulher de Messi, podem me atender?". Outra mulher, que a acompanhava, reforçou sua relação com o jogador.

Kaká monta sua seleção mundial com trio de Ronaldos e deixa Messi fora

[[imagem26270]]

Grávida de apenas dois meses, Antonella foi atendida de imediato, o que causou a revolta das outras pacientes que esperavam atendimento. Uma delas, chamada Lida, grávida de oito meses, estava em jejum e esperando há mais de meia hora e fez questão de fazer uma reclamação formal ao hospital, que respondeu apenas que por se tratar de uma pessoa famosa poderia ter criado tumulto se permanecesse na sala de espera.

Lida, porém, não engoliu a justificativa. "Entendo que se vem um famoso e fica esperando na sala pode ser incômodo. As pessoas ficariam pedindo fotos ou autógrafos. Poderia entender. Mas era a namorada de um jogador que quase ninguém reconheceu", afirmou.

Suárez elogia Messi e diz que Neymar ainda vai ganhar a Bola de Ouro

"Não é a primeira vez que isso acontece. Chega uma famosa ou mulher de famoso e é atendida na hora. Estou cansada dessas VIPs que entram e vão direto dizer quem são. Eu também estou grávida, eu também estava em jejum. E isso é um hospital, não uma discoteca. Ficamos todas com cara de idiotas", desabafou a paciente.