Retrospectiva 2014: Complicado dentro de campo, centenário do Palmeiras foi marcado por belas camisas

0

O tão aguardado ano de celebração do centenário da Sociedade Esportiva Palmeiras ficou longe de atender às expectativas de sua apaixonada torcida. O time sofreu com trocas de técnicos e só escapou do rebaixamento na última rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto isso, porém, a Adidas produziu uniformes comemorativos que fizeram jus à história do clube.

[[galeria]]

Já em janeiro, a patrocinadora do time paulista apresentou o uniforme titular do centenário, com visual absolutamente clássico: camisa quase inteiramente verde, com uma marca d`água citando os 100 anos do clube, listras da Adidas em dourado e referências às origens italianas. Nos meiões, as inscrições "1914" e "2014".

Em fevereiro, a marca contou com a presença de ídolos históricos como Ademir da Guia, Dudu e Cesar Maluco para apresentar as camisas de treino, uma em azul claro, outra em azul escuro, ambas com um escudo retrô do time. No mesmo mês foi lançado a camisa reserva da temporada 2014, com o distintivo do Palestra Itália de 2018 e com detalhes em dourado como no uniforme titular.

Escolha as camisas mais belas e feias de 2014 na final do II Concurso GB

Dois meses depois, veio a terceira camisa, uma das preferidas dos torcedores. As novidades foram uma faixa branca no peito e a presença da Cruz de Savoia, outro símbolo histórico do Palmeiras. Em julho, pouco antes da data de comemoração oficial do centenário, foi apresentado mais um uniforme especial, este em azul e, mais uma vez, com detalhes em dourado e referências à data.

Para fechar o ano, em novembro a Adidas ainda lançou duas camisas retrô especiais para o clube paulista (Flamengo e Fluminense também ganharam modelos semelhantes). No caso do Palmeiras, uma das camisas é uma réplica de um uniforme clássico dos anos 70, época da Academia liderada por Ademir da Guia. E o outro reproduz a camisa do goleiro Emerson Leão usada na mesma época.