Nike processa designers que migraram para rival Adidas

0

Em setembro, o ambiente das marcas esportivas se agitou com uma importante notícia: três entre os maiores designers da Nike haviam saído para abrir um centro criativo da rival Adidas em plena Nova York. Agora, a marca norte-americana mostrou que não vai “deixar barato” e entrou com processo contra Denis Dekovic, Mark Miner e Marc Dolce por “roubo de segredos comerciais”.

Com o processo firmado em Oregon (sede da marca), a Nike quer uma indenização de pelo menos US$ 10 milhões e alega que os três designers começaram a trabalhar como consultores da Adidas antes mesmo de saírem da empresa norte-americana, violando um acordo de não-concorrência. [[galeria]] Denis Dekovic, Marc Dolce e Mark Miner participaram de alguns dos maiores projetos da marca norte-americana, como as chuteiras Magista, Tiempo e Hypervenom; o tênis de basquete Air Force 1 e a plataforma para corrida Nike Free Run +.

Com relação à acusação, Denis Dekovic respondeu da seguinte maneira: “durante nossa inteira carreira na Nike, nós não fizemos nada além do nosso máximo esforço… priorizando até nossos trabalhos sobre nossas famílias. Até o fim, estivemos engajados e leais. Temos um tremendo respeito pelos nossos colegas e pela Nike e nunca faríamos nada para prejudica-los”.

A Nike acrescenta que a Adidas sabia do acordo de não-concorrência e que nele há um trecho que prevê que os designers não poderiam ter qualquer contato com a Adidas durante seus empregos e até um ano após deixar a Nike. Além disso, alega que o laptop de Dekovic foi duplicado e que as informações nele contidas foram levadas para a Adidas, contendo: designs específicos, incluindo de uniformes para 2015 e 2016, intenções de patrocínios a atletas em sete países, entre outras informações.

Denis Dekovic aparece em várias entrevistas divulgadas pela Nike falando sobre as criações de chuteiras da marca norte-americana. Ele conta com mais de 20 anos de experiência no desenho de calçados esportivos e foi um dos pilares mais importantes na confecção das quatro mais importantes chuteiras da Nike: a Magista, a Mercurial, a Tiempo e a Hypervenom. Marc Dolce já tem uma expertise mais voltada aos tênis de basquete. Renomado entre os colecionadores de tênis “cano alto”, o profissional foi o principal responsável pelos desenhos do Luna Force 1, uma versão especial do tênis Air Force 1. Também experiente na área dos tênis, Mark Miner participou dos projetos de produtos para corrida e teve importante contribuição na plataforma Nike Run +.