Under Armour deve entrar forte na briga para patrocinar o Barcelona

0

O atual contrato da Nike com o Barcelona vai até o final de 2017, mas a disputa pelo próximo contrato com o clube catalão já está a todo vapor. O Guia do Boleiro já noticiou o interesse da Adidas em assumir os uniformes do time e agora a concorrência promete ficar ainda mais dura para a Nike, com a Under Armour também demonstrando a intenção de entrar com uma proposta alta, como revelou o jornal Mundo Deportivo.

São Paulo pode acertar com UA. Ceni e Luís Fabiano já usam chuteiras da marca

Segundo a publicação espanhola, o possível acordo com o Barcelona estaria sendo tratado pela marca norte-americana como a oportunidade perfeita para expandir sua presença no futebol. Fundada em 1996, a Under Armour vem crescendo rapidamente, mas ainda tem suas vendas muito concentradas nos Estados Unidos, principalmente com produtos de fitness, futebol americano e basquete.

Confira as atuais camisas do Barça e dos times patrocinados pela UA:

[[galeria]]

Embora ainda não tenha o mesmo tamanho de Nike e Adidas, dinheiro não deve ser problema para a Under Armour. A empresa já deu uma demonstração de seu poderio econômico no meio do ano, quando tentou contratar o astro do basquete Kevin Durant oferecendo US$ 285 milhões por um acordo de 10 anos. No fim, o jogador acabou renovando com a Nike, que fez uma contraproposta de US$ 300 milhões, mas o fato é que, graças à proposta da Under Armour, o valor foi muito inflacionado.

Vice-presidente do Barcelona quer que Nike abra os cofres para selar renovação

No atual contrato, o Barcelona recebe cerca de 60 milhões de euros por ano da Nike, sendo 35 milhões de patrocínio e 25 milhões de porcentagem de venda de camisas. A Adidas estaria disposta a pagar 60 milhões apenas de patrocínio e sobre a Under Armour ainda não vazaram os valores envolvidos. Atualmente o maior contrato da UA no futebol é com o Tottenham, que recebe US$ 16 milhões por temporada. A marca também patrocina o Colo-Colo, do Chile, e o Cruz Azul e o Toluca, do México.

No Brasil, há tempos especula-se a chegada da empresa, mas até agora nenhum dos boatos se concretizou. Apenas nos últimos seis meses, a Under Armour já foi apontada como possível nova patrocinadora de times como Cruzeiro e Santos. A mais recente especulação foi sobre a possibilidade de um acordo com o São Paulo, que romperia o contrato com a Penalty. Esta semana, Rogério Ceni e Luis Fabiano chegaram a treinar com chuteiras da marca