Sozinho, Messi vale mais que os elencos de 15 times do Campeonato Espanhol

0
60

Que Lionel Messi está entre os jogadores mais valiosos do planeta, todo mundo sabe. Mas uma comparação do astro do Barcelona com atletas de outros times do Campeonato Espanhol dá uma noção de quão altas são as cifras envolvendo o jogador. Avaliado em 120 milhões de euros (quase R$ 390 milhões) pelo site Transfermarkt, o argentino sozinho vale mais que os elencos de 15 das 20 equipes de La Liga.

Drogba tenta, mas não consegue fugir de Messi em vídeo de companhia aérea

Alméria, Athletic Bilbao, Celta de Vigo, Córdoba, Elche, Espanyol, Eibar, Getafe, Granada, La Coruña, Levante, Málaga, Rayo Vallecano, Real Sociedad e Villareal são os clubes cujos elencos completos têm valor de mercado abaixo do de Messi. E com um detalhe: o valor de mercado calculado pelo Transfermarkt não chega a metade da multa rescisória estabelecida no contrato com o Barcelona, que é de 250 milhões de euros.

[[galeria]]

Outra comparação impressionante é com os times do país natal de Messi, a Argentina. Os cinco maiores clubes do país, Boca Juniors, Independiente, Racing, River Plate e San Lorenzo, só superam o custo de Messi se forem somados. Juntos, todos os jogadores das cinco equipes valem 134,5 milhões de euros.

Barcelona apresenta smartphone e tablet do clube feitos por empresa da Indonésia

A atenção em relação aos valores envolvendo Messi aumentou nos últimos dias graças a uma entrevista do jogador ao jornal Olé enquanto ele estava com a seleção argentina para a disputa dos últimos amistosos do ano. Em mais de uma ocasião ao longo da entrevista, Messi disse que "o futebol dá voltas", evitando garantir sua permanência no Barcelona por tempo indeterminado. Foi o suficiente para dar início a uma série de especulações sobre a possível saída do astro.

Seu pai e empresário, porém, rapidamente tentou acabar com os boatos. "Não há nada. O pensamento é de continuarmos aqui, mas como as pessoas lêem nas entrelinhas, acabam exagerando. Leo está contente, mas claro que se amanhã o clube disse que tem uma oferta e quer vendê-lo, teremos que estudar. Mas hoje não há esse pensamento", afirmou Jorge Messi.