Jogadores do United dispensam carros de R$ 250 mil de patrocinadora

0
280

Principal patrocinadora do Manchester United, a Chevrolet está frustrada com uma das ações de marketings que tentou implantar no clube. A empresa forneceu ao clube 15 carros para serem usados pelas estrelas do time em seus deslocamentos para os treinos, mas, depois de meses, a maioria dos atletas continuam usando seus próprios carros, de outras marcas.

Sabia que a Puma já desistiu de patrocinar um jogador por ele não ser gay?

Entre os veículos disponibilizados, estão modelos como o Camaro e o Corvette C7 Stingrays, ambos avaliados em mais de US$ 100 mil (cerca de R$250 mil). Hoje, a maioria deles está apenas estacionada no centro de treinamento de Carrington e alguns são usados por funcionários do United.

[[galeria]]

A imprensa britânica chegou a especular que atletas como Rooney e Di María teriam dispensado os "presentes" por considerarem não merecê-los, já que o time teve um mau início de temporada – atualmente ocupa apenas o 7º lugar na classificação da Premier League. Mas, por outro lado, há quem diga que os jogadores simplesmente já possuem carros melhores e preferem usá-los.

Leia também: Após 8 anos de parceria, Ibrahimovic pode romper com Nike

O site do jornal Daily Mail, por exemplo, já mostrou Rooney, Di María e o assistente técnico Ryan Giggs dirigindo Range Rovers, Van Persie com um Porsche 911 e Fellaini com uma Mercedes. Segundo a publicação, o técnico Louis van Gaal dirige um Chevrolet Captiva, mas o carro também é de sua propriedade.

O contrato da Chevrolet é um dos maiores patrocínios do futebol mundial, com valor anual de 47 milhões de libras (cerca de R$ 190 milhões) e duração até 2021.